Notícias

Andressa Urach anuncia volta à prostituição após separação e nega ter abortado

andressa urach 1

Andressa Urach, que na semana passada anunciou a separação de Thiago Lopes, com quem se casou em abril, confirmou nesta quarta-feira (29), em conversa com Quem, que voltou a fazer programa.



Em 7 de agosto, Dia dos Pais, ela e o então marido haviam anunciado que esperavam o primeiro filho juntos, León.

A modelo fez um post no Instagram em que aparece de top e biquíni cavado. “Aviso: a Imola voltou”, escreveu ela. “Imola” é o nome que Andressa usava na época em que se prostituía. No post, ela ainda avisou que veria os fãs no Gruta Azul, nome de uma boate de entretenimento adulto em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Questionada pela reportagem de Quem se tinha, de fato, voltado à prostituição, Andressa confirmou. “Não quero falar sobre, mas é a verdade. Voltei, amor”, respondeu a modelo, por WhatsApp, que negou ter abortado o bebê que espera. “Ele acha que eu tirei o neném e quer me internar. Mas eu não tirei, só estou voltando a trabalhar porque tenho contas pra pagar já que ele me deixou grávida”, explicou.


Internação

Na quinta-feira (23), Andressa contou que ficou oito dias internada em uma clínica psiquiátrica tratando seu transtorno boderline. A modelo disse em texto publicado nos stories do Instagram que tem problemas para lidar com a raiva e que seus conflitos com uma igreja evangélica acentuaram os sintomas do transtorno mental. No Instagram, Andressa e Thiago apagaram as fotos juntos.

“Ainda não estou bem para falar sobre tudo que aconteceu e está acontecendo na minha vida por causa do borderline, mas quando eu ficar bem eu falo sobre esse assunto! Lidar com a raiva pra mim é algo muito difícil e estou com muita raiva da Igreja Universal. Me sinto roubada, usada e enganada. Trabalhar o perdão pra mim é algo que só Deus pra me ajudar”, desabafou.


Vítima de tentativa de feminicídio fica paraplégica após ser atingida com 4 tiros por ex-marido

Artigo Anterior

Suzane von Richthofen começa a frequentar faculdade com tornozeleira eletrônica

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.