Notícias

Anitta compara caso Bruno Pereira e Dom Phillips com Irmã Dorothy: “Terra de ninguém”

Foto: Instagram
anitta 2

Conhecida por seu posicionamento político constante nas redes sociais, a cantora Anitta, de 29 anos, cobrou soluções para o desaparecimento do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Araújo Pereira e aproveitou para lembrar outro crime bárbaro ocorrido no mesmo palco, a Amazônia, há mais de 15 anos: o assassino brutal da missionária Dorothy Stang, em 2005.

“Já falei sobre a Amazônia ser uma grande terra de ninguém no Brasil, onde se faz o que quer e nada acontece com quem fez, né? O que aconteceu com Dom Phillips e Bruno Pereira?”, questionou Anitta através do Twitter, na legenda de um post que produz uma matéria em inglês sobre a morte de Dorothy.

A atitude de Anitta foi muito elogiada por seus seguidores. “O brasileiro tem muito a agradecer que existe a Anitta, que bota a cara a tapa nesses assuntos”, declarou um fã da artista. Outros, porém, viram com receio o fato de a “ídola” se envolver em assuntos tão polêmicos.

“Amor, eu morro de medo você se doando e botando sua cara a tapa nesses assuntos. Cuidado!”, aconselhou uma internauta. “Anitta, toma cuidado, tenho medo de esses políticos fazerem alguma coisa contra você”, admitiu outra.

Screenshot 2 10

Direitos Autorais: Reprodução/Twitter

Dom Phillips e Bruno Pereira estão desaparecidos desde o último dia 5. A família do jornalista confirmou hoje que dois corpos foram encontrados nas proximidades do Vale do Javari (AM) e que serão periciados para saber se de fato se trata dos dois homens.

0 %