Notícias

BBB22: Sonia Abrão detona insistência de Natália por sexo com Eliezer: “Assédio”

Sonia natalia e eliezer

A apresentadora Sonia Abrão não esconde que não está curtindo o comportamento de Natália no Big Brother Brasil 22.

Nesta quinta-feira (31), no A Tarde É Sua (Rede TV!), a comunicadora comentou a insistência da sister em ficar com Eliezer na festa de ontem.

É que a sister queria manter relações sexuais com o brother, mas acabou levando uma invertida do designer.

Para Sonia Abrão, a produção do reality deveria intervir e chamar a psicóloga para conversa com Natália. Sem filtros, ela diz ainda que a insistência da sister é um assédio.

“Não é não! Para homem ou mulher, e ela continua. No meu entender, isso já virou um assédio. Ela faz o tempo todo, ela cisma que tem que transar e ele que se prepare. É quase ‘se apronta que eu vou lhe usar’. Coisa de século passado mesmo”.

Em seguida, a apresentadora afirma que os pedidos da designer de unha é uma humilhação: “Ela se humilha, não sei que porque ela quer, ou precisa, não sabemos qual é o gatilho que leva a Natália fazer esse tipo de coisa. Eliezer diz que não quer e ela insiste. Só não configura um assédio total, por ele sempre cede”.

Sonia Abrão comenta ainda que Natália é inconveniente e que se desestabiliza emocionalmente: “Aí ela passa a exigir que ele vá para a cama com ela. Vale a pena refletir”, diz ela, afirmando ainda que Natália passa de um pedido para uma exigência e que Eli resiste a noite toda, mas no final acaba se deixando levar.

Tentou convencer

O casal Eliezer e Natália acabou dormindo juntinho no quarto Lollipop do BBB22. Com vontade de uma pegação mais intensa, a sister tentou convencer o brother a se entregar. Ele, porém, ficou com medo do que as pessoas poderiam pensar lá fora.

“Eliezer, quem vê pay-per-view não é criança, são adultos e adulto transa. […] Como você acha que a família brasileira é feita? Vamos deixar de ser bobos. […] As pessoas não vão deixar de gostar da gente porque a gente transa, a gente tá transando é pouco. Somos pessoas ativas…”, afirmou ela.

0 %