Notícias

Cinco pessoas denunciam patroa, depois que babá pulou do 3º andar pra fugir dela

Depois que uma babá pulou do 3º andar de um prédio para fugir de um apartamento em Salvador (BA), cinco pessoas denunciaram a patroa do local, Melina Esteves França.



De acordo com a Rede Globo, todas disseram que sofreram maus tratos e não receberam pagamentos.

Melina é mãe de trigêmeas de 1 ano e 9 meses. Ela se apresentou à delegacia para prestar depoimento, da mesma forma como fizeram as babás. Agora o caso será investigado pela Polícia Militar.

As babás alegam que sofreram maus tratos, pois trabalharam por longos horários, cerca de 12 horas seguidas, sem registro na carteira de trabalho e nem pagamento de salário.


O primeiro caso que veio à tona aconteceu com Raiana Ribeiro da Silva, de 25 anos, que ficou ferida após pular do terceiro andar. Ela disse que foi mantida em cárcere privado após comunicar à patroa que deixaria o emprego.

“Ia fazer oito dias que estava trabalhando lá, mas a agressão começou na terça-feira. Começou porque eu falei para ela que não dava mais para mim, que eu ia sair na quarta-feira. Aí ela falou: ‘Vou te mostrar, vagabunda, se você sai’. E aí começou a me agredir”, contou Raiana.

Conforme relato de Raiana, Melina teria trancado a jovem no banheiro e, neste momento, a vítima resolveu fugir do local. Segundo a babá, ela não se alimentava ou bebia desde a última terça-feira (24). Bruno Oliveira, advogado que representa Raiana, afirmou que o caso se enquadra em crime de cárcere privado.


Homem agride, empurra ex-namorada contra carro em movimento e é esfaqueado pela mãe dela, em Betim

Artigo Anterior

Morte de bebê esquecido dentro do carro por 3 horas ocorreu no dia mais quente do ano em Bauru

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.