Notícias

Criança é morta em ritual com a presença da mãe, avós e tios

Foto: Reprodução
Criança é morta em ritual com a presença da mãe avós e tios 1200x650 1

O caso de Maria Fernanda Camargo, de 5 anos, que foi morta durante um ritual, gerou comoção em todo o país.

Segundo a mãe da menina, ela não conseguiu resistir após ter sofrido um acidente doméstico, mas tudo não passava de uma mentira.

O delegado da cidade decidiu investigar o caso e descobriu que a família materna estava envolvida no crime.

De acordo com a mãe de Maria, a garotinha teria se queimado com álcool e caído em uma churrasqueira durante um almoço de família, porém o pai dela não acreditou na versão da família materna.

mãe

Mãe disse que a menina se queimou em um acidente doméstico – Direitos autorais: Reprodução/ TV Record

O delegado Murilo Antonini ficou sabendo do caso por meio das redes sociais e decidiu investigar o caso. Após perícias e exames, foi comprovado que a causa da morte de Maria não tinha sido acidental.

maria fernanda

Maria Fernanda tinha 5 anos – Direitos autorais: Reprodução/ TV Record

Segundo o delegado, os avós maternos, uma tia e a mãe da garota estavam envolvidos em um ritual. Guiados por um líder espiritual, eles decidiram matar Maria Fernanda.

O líder espiritual queimou 100% do corpo da menina com uma vela. Maria Fernanda chegou a ser levada ao hospital, mas não resistiu

prisão

Direitos autorais: Reprodução/ TV Record

Os envolvidos no ritual tiveram a prisão temporária decretada. A polícia vai investigar seus celulares para obter mais informações.

delegado

Delegado Murilo Antonini – Direitos autorais: Reprodução/ TV Record


Se você presenciar um episódio de violência contra crianças ou adolescentes, denuncie o quanto antes através do número 100, que está disponível todos os dias, em qualquer horário, seja através de ligação ou dos aplicativos WhatsApp e Telegram.

O mesmo número também atende denúncias sobre pessoas idosas, pessoas com deficiência, pessoas em restrição de liberdade, população LGBT e população em situação de rua. Além de denúncias de discriminação étnica ou racial e violência contra ciganos, quilombolas, indígenas e outras comunidades tradicionais.

0 %