AdultoNotícias

De nudez sem castigo a sexo em rio: seios e bumbuns incendeiam Pantanal

Foto: Reprodução
pantanal 2

Pantanal pode até contar com poucas cenas de nudez –especialmente quando comparada com a versão original exibida pela extinta Manchete (1983-1999)–, mas a essência sensual da saga está sendo mantida no remake da Globo. Esses momentos em que o rio vira o motel da novela das nove incendeiam o imaginário do público.

Do bumbum de Jove (Jesuita Barbosa) aos seios de Maria Marruá (Juliana Paes), os corpos dos personagens são os protagonistas quando eles tomam banho como vieram ao mundo –ou aproveitam a liberdade campestre para fazer sexo com seus parceiros ao ar livre.

A Globo optou por diminuir a frequência e, principalmente, a maneira em que são apresentadas tais sequências. Na nova versão de Pantanal, há abundância de planos gerais e ângulos estratégicos, que escondem os seios das atrizes, por exemplo. É uma forma de evitar a fama de apelativa que a versão de 1990 chegou a ter.

Mesmo na cena em que Jove decide tirar a roupa e mergulhar no rio, a direção do folhetim teve um cuidado para não mostrar demais. Quando o rapaz começa a tirar a sunga, por exemplo, a opção foi trocar o enquadramento –apesar de parte do bumbum do ator ter sido “colocado para jogo”.

A cena em questão é a mesma que gerou críticas ao caráter do filho de José Leôncio (Marcos Palmeira). Afinal, ele simplesmente ficou peladão na frente de Juma (Alanis Guillen) sem nenhuma explicação. Ainda minimizou o estranhamento da menina-onça, ao afirmar “ser só um corpo”.

Há quem critique a escolha da emissora de diminuir as cenas de nudez. Na opinião de muitos fãs, os nus artísticos são formas de mostrar a integração do homem e da mulher com o ambiente pantaneiro. Por outro lado, tem de se questionar a objetificação dos corpos –especialmente o feminino.

Tudo combinado e sem plateia

Por isso, é importante que os atores e atrizes se sintam confortáveis nas gravações que envolvem nudez. Dira Paes, por exemplo, destacou que tudo precisa ser combinado com a equipe. “Tudo é feito com muito profissionalismo, e há uma conversa antes entre todos os envolvidos. A gente se sente muito protegida”, contou a atriz, em entrevista à colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

Também não há “plateia” durante as gravações. Toda cena de nudez conta com equipe reduzida, seja no estúdio ou em externas. Os banhos de rio também não são gravados em qualquer lugar, ocorrem em propriedades particulares que servem de cenários da novela.

globo pantanal gil enrique diaz maria marrua juliana paes 1

Direitos autorais: Reprodução/TV Globo

Fim da seca de Maria e Gil

Maria Marruá morria de medo de transar com Gil (Enrique Diaz) e engravidar mais uma vez –afinal, já havia visto três filhos morrerem–, mas acabou cedendo ao desejo. A paranaense quase virou onça ao “atacar” o marido em um sexo selvagem. A transa à beira do rio gerou Juma.

globo pantanal madeleine bruna linzmeyer jose leoncio renato goes SA2htP3

Direitos autorais: Reprodução/TV Globo

Sexo de reconciliação

José Leôncio, ainda vivido por Renato Góes, e Madeleine, então interpretada por Bruna Linzmeyer, estavam em pé de guerra. A loira não aguentava mais viver isolada na fazenda, sem a companhia do marido ou apoio da família. A situação chegou ao limite quando o rapaz cavalgou com o recém-nascido Jove na calada da noite.

Para conquistar o perdão da dondoca, o homem decidiu meter medo nela. Ele fingiu que se jogaria aos jacarés caso ela não o beijasse. A loira aceitou o desafio, eles se reconciliaram e também transaram às margens do rio.

globo pantanal malu rodrigues irma renato goes jose leoncio

Direitos autorais: Reprodução/TV Globo

Talaricagem de Irma

A conquista do sonho de Irma, ainda interpretada por Malu Rodrigues, foi outra cena “presenciada” pelas águas do rio Formoso. A ruiva convenceu José Leôncio, ainda abalado pela perda de Madeleine, a transar com ela. A traição voltará à tona e causará, indiretamente, a morte da mãe de Jove.

globo pantanal jose leoncio marcos palmeira filo dira paes 1

Direitos autorais: Reprodução/TV Globo

“Sexo de 20 anos”

A mudança de fase do folhetim de Bruno Luperi também foi marcada por uma cena íntima no rio. José Leôncio e Filó, ainda na atuação de Renato Góes e Leticia Salles, trocavam beijos no rio. A moça mergulhou e, então, saiu da água já como Dira Paes. A veterana se esbaldou com o amado, que também se “transformou” na pele de Marcos Palmeira.

“Nessa cena especificamente [da mudança de fase], houve um verdadeiro balé debaixo d’água para que ela fosse feita. Foi uma cena feita sem cortes”, detalhou Dira.

globo pantanal guta julia dalavia jove jesuita barbosa

Direitos autorais: Reprodução/TV Globo

“Não fala nada, Muda”

Meme na internet, a frase impensada de Juma para Muda (Bella Campos) foi proferida durante o sexo de Jove e Guta (Julia Dalavia). A mocinha estava embasbacada ao observar o momento de intimidade, um dos mais explícitos do folhetim. Ela ainda sabotou a safadeza do casal, ao roubar e esconder as roupas dos jovens. Eles tiveram de implorar à selvagem para não voltarem à fazenda de José Leôncio peladões.

globo pantanal juma alanis guillen jove jesuita barbosa T82m4UV 1

Direitos autorais: Reprodução/TV Globo

Aula de beijo

Mais tarde, a própria Juma teve seu momento íntimo nas águas turvas das planícies alagadas. Ela cedeu aos encantos do protagonista e deixou que ele tirasse uma série de fotos suas. Depois, ela permitiu que o aspirante a fotógrafo lhe desse uma aula de como beijar –tudo ao som de Amor de Índio, na voz de Gabriel Sater.

Escrita por Benedito Ruy Barbosa, a novela Pantanal foi exibida em 1990 pela extinta Manchete. O remake da Globo é adaptado por Bruno Luperi, neto do autor, e ficará no ar até outubro.

0 %