Notícias

Ela tem 50 anos, ele tem 61 e tiveram a sua primeira filha: uma menina “milagrosa”

Ela tem 50 anos
Comente!

A chegada do primeiro filho do casal foi um motivo de muita alegria para toda a família!

A maternidade é algo milagroso, seja por conta de todas as transformações que acontecem nos corpos das mães durante a gestação ou pela incrível conexão e amor que criamos com nossos filhos, mesmo antes de tê-los visto pessoalmente.

Toda mãe que idealizou a chegada de um filho e teve a sua vida transformada por essas pessoas, compreende muito bem que a oportunidade de criar e amar um filho é algo maravilhoso, digno de muita gratidão e alegria.

No entanto, para algumas mulheres, a maternidade é realmente um milagre, porque vai contra todas as probabilidades. Esse é o caso de Susie e Tony Troxler, um casal dos Estados Unidos que recentemente tiveram o primeiro filho aos 50 e 61 anos, respectivamente!

A história dos dois foi contada em uma matéria da People. Susie e Tony se casaram em 2008, já com uma idade mais avançada do que o de costume, mas isso não os impediu de sonharem em aumentar a família.

Apesar de os filhos serem um objetivo do casal e eles sempre terem trabalhado para isso, os anos foram se passando e nada da gravidez acontecer. Nos três primeiros anos, o casal não deu muita bola para isso. No entanto, após os 11 anos de união sem filhos, eles presumiram que algo estava errado, então começaram a procurar especialistas em fertilidade para averiguar a situação.

Susie e Tony descobriram que a maioria dos médicos não estava disposto a ajudar uma mulher de 50 anos a engravidar, especialmente com os problemas de saúde preexistentes do casal.

A mulher contou que, apesar de os médicos sempre terem os tratados de forma muito gentil, era perceptível que eles simplesmente estavam lhe dizendo que ela precisaria de muita ajuda para engravidar e que eles não estavam dispostos a fazerem o trabalho.

Assim como para todos os casais que sonham em construir uma família com filhos, essa negativa foi algo bastante desagradável para o casal, mas eles não desistiram, e conseguiram encontrar uma obstetra-ginecologista, a dra. Carolyn Harraway-Smith, que se dispôs a ajudá-los a realizar o sonho de terem uma família.

Antes de tudo, em janeiro de 2019, Susie passou por uma cirurgia para remover seus fibroides e, em seguida, realizou uma nova testagem de óvulos em 2020.

O processo de fertilização in vitro deveria começar em 2020, mas a pandemia de Covid-19 os obrigou a postergarem a gravidez. Quando começaram o processo, já perceberam que muitos dos óvulos implantados não estavam dando certo

O casal já estava se esperança, e apenas aceitando o fato de que não conseguiria ter filhos, mas tiveram uma grande surpresa, o último embrião finalmente funcionou, e os dois puderam ver através de um ultrassom os movimentos da filha, que representada a realização de um grande sonho, pelo qual os pais lutaram por tanto temo.

E 29 de setembro, Lily Antonia Troxler chegou, muito saudável, sendo acolhida com amor e muita alegria por seus pais.

Tony deu uma declaração muito emocionante, dizendo que ama muito a filha, e que sempre que a olha, fica encantado. Susie acrescentou que, mesmo com toda a falta de sono, ela é o companheiro estão verdadeiramente apaixonados pela filha, que chamam de “bebê milagroso”, ela ainda acrescentou que tudo valeu a pena.

Que história especial! Com certeza, ao saber de todas as dificuldades que o casal passou para ter o seu filho, você pensou sobre a sua própria família, e decidiu que precisa ser mais grato por ter os seus filhos ao seu lado.

Desejamos muita felicidade a Susie, Tony e Lily!

Comente!

Casados há 43 anos, Bruna Lombardi e Carlos Alberto Riccelli animam fãs com “live do amor”

Artigo Anterior

Ela anda cansada de mendigar afeto ao próprio marido

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.