Notícias

Filho de Arlindo Cruz revela vício do pai em cocaína: “Meu pai só fez mal pra ele”

arlindo 3

Filho de Arlindo Cruz, o também sambista Arlindinho, falou pela primeira vez sobre o vício, durante anos, segundo ele, do pai em cocaína.



O artista sofreu um grave AVC em 2017 e ainda lida com as sequelas, sendo cuidado pela família em casa.

“Meu pai estava no melhor momento da vida. Ele estava me lançando, passando bastão. Ele queria que as pessoas me conhecessem como artista. Ele estava há alguns meses sem usar drogas. Ele nunca tinha falado disso porque queria esperar minha irmã crescer. Mas logo que contou, aconteceu tudo isso (AVC do pai). Eu sempre soube. Ele me contou quando eu tinha 11 anos. Eu peguei aversão a drogas. Trato bem todo mundo, até quem usa. Mas eu não uso. Minha vibe é completamente outra. Um cara tão vencedor, inteligente, amigo, educado. Meu pai só fez mal para ele. Ele fez bem para todo mundo. Nunca tratou ninguém com indiferença”, disse Arlindinho no quadro Cara a Tapa, do canal do YouTube do jornalista Rica Perrone.

x82397248.jpg.pagespeed.ic .waDggLmJpz

Direitos autorais: divulgação.


O filho também comentou sobre a convivência com o pai desde 2017, quando ele sofreu um AVC (acidente vascular cerebral). O artista afirmou que Arlindo responde a estímulos e consegue interagir com expressões. O cantor contou também que Arlindo Cruz sempre foi querido pelos amigos e que ele ajudava muita gente. Apesar do vício, ele sempre fez questão de fazer um bom pé de meia para a família.

“Ele já tinha se tratado algumas vezes, mas nunca tinha conseguido tanto tempo sem usar droga alguma. Meu pai com todas as loucuras dele, ele teve pensamento com a família. Comprou imóveis, conseguiu minimamente manter a família dele digna.”

Arlindo destacou que, apesar do vício, Arlindo Cruz foi um excelente pai durante toda a convivência entre eles. “Foi um amigo maravilhoso para todos que estavam ao redor”, reforçou.

arlindo cruz

Direitos autorais: reprodução Instagram/@arlindocruzobem.


arlindo 2

Direitos autorais: reprodução Instagram/@arlindocruzobem.

 

“Eu sempre soube. Ele me contou quando eu tinha 11 anos. Eu peguei aversão a drogas. Trato bem todo mundo, até quem usa. Mas eu não uso. Minha vibe é completamente outra. Um cara tão vencedor, inteligente, amigo, educado. Meu pai só fez mal para ele. Ele fez bem para todo mundo. Mesmo sendo um cara maravilhoso, ele tinha esse ‘calcanhar de Aquiles’. Um vício, sua maior fraqueza. Era muito difícil.”

Em março deste ano, Arlindinho usou as redes sociais para agradecer o carinho e as orações dos fás após o AVC de Arlindo Cruz completar quatro anos.


Padre é preso suspeito de desviar quase R$ 620 mil para festas com orgias e drogas

Artigo Anterior

“Louca ela não é”, diz pai de Henry sobre pedido de laudo psicológico de Monique

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.