Notícias

Filhos interrompem o casamento do pai para exigir pensão alimentícia

capa filhos interrompem o casamento do pai para exigir pensao alimenticia

Os filhos, inconformados, invadiram a cerimônia de casamento do pai. As imagens estão se espalhando pelas redes sociais.

A pensão alimentícia é sempre um tema que gera bastante polêmica em qualquer lugar do mundo. Muitos filhos, cansados de tentar conseguir o seu direito de maneira saudável e tranquila, valem-se da justiça. Outros, no entanto, buscam resolver a questão à própria maneira.

Foi isso que aconteceu recentemente em Pasco, no Peru. Algumas mulheres, cansadas da falta de responsabilidade de seu pai para consigo e seus irmãos, resolveram agir por conta própria, e acabaram protagonizando uma grande cena.

Conforme relatado em uma matéria do Infobae, com informações da Ozono Televisión, as filhas de Adrián Chamorro invadiram a cerimônia do seu casamento e o cobriram de tinta preta como forma de protesto por não lhes pagar a pensão alimentícia.

Os filhos, inconformados, invadiram a cerimônia de casamento do pai. As imagens estão se espalhando pelas redes sociais.

A pensão alimentícia é sempre um tema que gera bastante polêmica em qualquer lugar do mundo. Muitos filhos, cansados de tentar conseguir o seu direito de maneira saudável e tranquila, valem-se da justiça. Outros, no entanto, buscam resolver a questão à própria maneira.

Foi isso que aconteceu recentemente em Pasco, no Peru. Algumas mulheres, cansadas da falta de responsabilidade de seu pai para consigo e seus irmãos, resolveram agir por conta própria, e acabaram protagonizando uma grande cena.

Conforme relatado em uma matéria do Infobae, com informações da Ozono Televisión, as filhas de Adrián Chamorro invadiram a cerimônia do seu casamento e o cobriram de tinta preta como forma de protesto por não lhes pagar a pensão alimentícia.

Em sua página no Facebook, o canal de televisão publicou algumas fotos do ocorrido, e explicou um pouco mais da situação. Contou que a filha mais velha e outros quatro foram à cerimônia de casamento e o acusaram de não pagar o benefício.

Revoltada, a filha mais velha lhe deu um banho de tinta, acrescentando que é a única responsável por cuidar dos irmãos, já que Adrián teria abandonado a família quando a mãe das crianças morreu, há cinco anos, e agora está se casando com outra pessoa.

Nas fotos, é possível ver o homem manchado de tinta e uma briga dele com sua primogênita. A mulher teria dito, segundo informações do La Opinión, que só queria que o pai cuidasse de seus irmãos, acrescentando que ele diz que não tem dinheiro para alimentar as crianças, mas que não tem problemas para se casar.

2 filhos interrompem o casamento do pai para exigir pensao alimenticia 400x276 1

Direitos autorais: Reprodução Facebook / Ozono Televisión

Os filhos, inconformados, invadiram a cerimônia de casamento do pai. As imagens estão se espalhando pelas redes sociais.

A pensão alimentícia é sempre um tema que gera bastante polêmica em qualquer lugar do mundo. Muitos filhos, cansados de tentar conseguir o seu direito de maneira saudável e tranquila, valem-se da justiça. Outros, no entanto, buscam resolver a questão à própria maneira.

Foi isso que aconteceu recentemente em Pasco, no Peru. Algumas mulheres, cansadas da falta de responsabilidade de seu pai para consigo e seus irmãos, resolveram agir por conta própria, e acabaram protagonizando uma grande cena.

Conforme relatado em uma matéria do Infobae, com informações da Ozono Televisión, as filhas de Adrián Chamorro invadiram a cerimônia do seu casamento e o cobriram de tinta preta como forma de protesto por não lhes pagar a pensão alimentícia.

Em sua página no Facebook, o canal de televisão publicou algumas fotos do ocorrido, e explicou um pouco mais da situação. Contou que a filha mais velha e outros quatro foram à cerimônia de casamento e o acusaram de não pagar o benefício.

Revoltada, a filha mais velha lhe deu um banho de tinta, acrescentando que é a única responsável por cuidar dos irmãos, já que Adrián teria abandonado a família quando a mãe das crianças morreu, há cinco anos, e agora está se casando com outra pessoa.

Nas fotos, é possível ver o homem manchado de tinta e uma briga dele com sua primogênita. A mulher teria dito, segundo informações do La Opinión, que só queria que o pai cuidasse de seus irmãos, acrescentando que ele diz que não tem dinheiro para alimentar as crianças, mas que não tem problemas para se casar.

A publicação já conta com mais de 20 mil reações, mais de 5 mil compartilhamentos e mais de 1,9 mil comentários. Os internautas que reagiram à publicação, em sua maioria, criticaram o pai por não auxiliar os filhos, especialmente depois de perderem a mãe. Muitos disseram que seu comportamento carecia de amor e senso paterno, e outros ainda pedem para Deus abençoar essas crianças, que não podem contar com quem deveria ser seu principal apoio.

No entanto, outros defenderam o homem, dizendo que os filhos poderiam ter procurado o homem em outro momento para discutir a questão da pensão, não na sua cerimônia de casamento, porque se trata de um momento importante para ele e envolvia outras pessoas que não tinham nada a ver com seus problemas familiares.

Como funciona a pensão alimentícia no Peru

A pensão alimentícia é uma contribuição financeira recebida mensalmente por filhos menores e dependentes de pais divorciados ou separados. Por meio do benefício, é pretendido garantir o bem-estar dos filhos menores de idade, para que estejam seguros, independentemente da relação dos seus pais.

Os filhos têm direito de receber pensão alimentícia até os 18 anos, no entanto, em caso de deficiência física ou mental, ou se estiverem estudando em uma universidade ou outra instituição, o prazo de pagamento pode ser estendido até os 28 anos.

De acordo com informações apuradas pelo Infobae, a lei peruana não estipula um valor a ser pago aos filhos, mas leva em consideração alguns critérios para determinar o valor da contribuição. Alguns desses critérios são: renda apresentada do pai ou da mãe, que pagará o benefício, a necessidade de alimentação dos filhos, a realidade econômica do devedor, se possui encargo familiar, entre outros.

0 %