Notícias

Fundador do Nubank decide doar toda a sua fortuna em vida!

fundador do nubank

David Vélez, fundador e CEO do banco digital Nubank anunciou que doará a maior parte de sua fortuna para ações de caridade em vida.



O executivo aderiu à iniciativa “The Giving Pledge”, programa criado em 2010 por Bill Gates, Melinda Gates e o megainvestidor Warren Buffet – que recentemente investiu US $ 500 milhões a startup brasileira.

Com isso, David Vélez se junta ao magnata brasileiro Elie Horn, único latino-americano a assinar o programa até então. O objetivo da iniciativa é incentivar mais bilionários a doar uma fatia de seu patrimônio para causas sociais.

Vélez e sua esposa, Mariel Reyes, anunciaram que criarão uma fundação focada em melhorar as oportunidades para crianças e jovens carentes no Brasil e na América Latina.


Na carta justificativa da doação, ele apontou alguns motivos para a decisão: “Não poderemos levar nossos bens para onde formos. Nesta era de fartura para alguns, milhões de pessoas vão dormir com o estômago vazio.”

O anúncio foi divulgado pela Forbes que afirma que Vélez tem uma fortuna estimada em US $ 5,2 bilhões (mais de R $ 27 bilhões). Agora, o executivo quer incentivar mais bilionários a aderir ao programa, o que seria um enorme avanço para o sistema democrático mundial.

Nubank

Fundado em 2013, o banco digital com sede em São Paulo se tornou uma verdadeira potência financeira, com mais de 40 milhões de clientes e um valor de mercado atual estimado em US $ 30 bilhões. Depois de receber tantos investimentos e crescer exponencialmente, foi a vez de Nubank injetar alguns milhões em outras empresas.


Recentemente, a empresa liderou uma rodada de investimentos de US $ 44 milhões (aproximadamente R $ 226,4 milhões em conversão direta) no fintech Indian Jupiter, banco digital que lançou um aplicativo beta há pouco mais de um mês.

Vélez afirmou que Nubank e Jupiter compartilham a mesma missão: “Criar a melhor experiência financeira possível para os clientes, eliminando toda a burocracia do sistema atual.”

Vale ressaltar que este é o primeiro “investimento puro” de Nubank em outra empresa. Até então, o banco digital havia comprado apenas outras empresas. É preciso ressaltar que o programa “The Giving Pledge” vem “tapar um buraco” que as grandes fortunas nas mãos de poucas pessoas no mundo fazem diante da miséria que bilhões de pessoas sofrem atualmente e que cria um abismo na desigualdade.

Esperamos que todos os bilionários do mundo adiram a esse programa porque como todos sabemos, ninguém vai levar nada desse mundo, e deixar tamanha fortuna nas mãos dos parentes é muito perigoso, muito dinheiro nas mãos de quem não lutou para conquistá-lo, pode ser muito prejudicial, mesmo que muitos desejam isso, ganhar dinheiro sem o menor esforço, pode trazer muitos desvios de conduta moral para quem não possui um forte propósito para empregá-lo com sabedoria.


O excesso de dinheiro nas mãos de poucos magnatas leva os seus herdeiros ou a deteriorar todo o patrimônio em festas e prazeres extravagantes, ou a viver acomodado na herança. O dinheiro precisa circular e ser compartilhado. Viver de herança não é uma vida que devemos desejar, não é justo receber tudo de mão beijada, por mais que todos desejem isso. Não acha?

Sandra Annenberg e Ernesto Paglia celebram 25 anos de casados: “Continua firme e forte”

Artigo Anterior

Britânico passa por 18 cirurgias para se parecer com integrante do BTS e agora se identifica como coreano

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.