Notícias

Grávida morta durante operação da PM no Rio já tinha escolhido nomes para o bebê

Direitos autorais: Reprodução/Instagarm
1

A jovem, de 24 anos, estava acompanhada da avó quando foi alvejada.

A jovem Kathlen Romeu, de apenas 24 anos, morreu após ser atingida por uma bala perdida durante operação da PM no Rio. Ela era designer de interiores e estava grávida de 14 semanas.

De acordo com informações apuradas pelo G1, no momento do disparo, Kathlen estava andando com sua vó nas ruas da comunidade do Lins de Vasconcelos, Zona Norte da cidade. Após ser alvejada, a jovem chegou a ser levada para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas foi não resistiu e morreu.

Muito nova, a Kathlen parecia muito feliz com a gestação, e compartilhava alguns detalhes sobre a sua vida no Instagram. Em uma publicação, ela contou que já se sentia pronta para receber, cuidar e amar o futuro filho, cujos nomes já havia escolhido: Maya ou Zyon. A jovem ainda contou que sentia os sintomas característicos da gestação, como enjoos, azia, e uma “fome de leão”.

A morte de Kathlen repercutiu bastante nas redes, deixando um sentimento de tristeza em muitas pessoas, mas quem realmente está sofrendo com essa triste realidade são os seus amigos e familiares.

kathlen romeu

Direitos autorais: Reprodução redes sociais

A avó da jovem, uma das últimas pessoas a vê-la com vida, disse que ambas estavam indo na firma da sua filha e que a rua parecia tranquila. Ela explicou que tudo aconteceu “muito de repente”, e que Kathlen caiu e logo depois vários tiros começaram.

A mulher afirmou que se jogou na intenção de proteger a neta e que, quando viu um furo em seu braço, gritou por ajuda. Muito chateada e revoltada com a situação, ela desabafou que a sua rua está muito perigosa, e que perdeu Katheln “num tiroteio bárbaro”.

Isabela Ramona, uma das amigas da gestante, disse em uma entrevista ao G1, que Kathlen estava muito feliz com a gravidez e no “ápice” de sua vida. A jovem vivia um relacionamento sério com o designer gráfico e tatuador Marcelo Ramos, com quem estava comprando uma casa e fazia vários planos. Kathlen também havia recém se formado na faculdade.

Marcelo Ramos, pai do filho que a jovem esperava, fez uma publicação nas redes sociais para homenagear tocante à namorada e companheira de vida.

Na publicação, o designer desabafa que nunca esquecerá Kathlen e que ela, assim como Maya/Zayon viverão para sempre dentro dele. Também afirmou estou completamente “sem chão”, mas confiante de que jovem está “melhor” que aqueles que ficaram.

Finalizando, ele disse que a namorada foi pessoa mais radiante e animada que conheceu na vida, e que vencerá por ela.

0 %