Notícias

Homem agride, empurra ex-namorada contra carro em movimento e é esfaqueado pela mãe dela, em Betim

Um homem de 30 anos foi preso depois de agredir e empurrar a ex-companheira, de 20, contra um carro em movimento no bairro Capelinha, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.



O crime aconteceu na manhã desta quarta-feira (25). Segundo a Polícia Militar, a mãe da vítima agrediu o suspeito com golpes de faca, na tentativa de defender a filha.

A PM informou que a vítima decidiu dar fim à união estável que mantinha com o suspeito, iniciada há sete meses, após diversos episódios de violência física e emocional. A mulher foi morar com a mãe, que vive próximo à casa em que ela morava com o ex-companheiro.

Mas ele passou a ameaçar a ex-companheira. De acordo com a PM, há pelo menos dois boletins de ocorrência registrados por ela nos últimos dois dias.


Testemunhas relataram à PM que, na madrugada desta quarta (25), o suspeito foi até a casa da vítima, batendo no portão, gritando, dizendo que “colocaria fogo”.

Ainda segundo relato de testemunhas à polícia, horas mais tarde, ele voltou, “simulando ter uma arma de fogo”, ameaçando “derrubar o portão”, caso a ex-companheira não aparecesse.

De acordo com a PM, ela concordou em sair, mas foi agredida por ele com socos e pontapés. O suspeito continuou as agressões mesmo após ela cair no chão.

Em seguida, a mulher foi empurrada contra um carro em movimento. A ocupante do veículo relatou aos militares que estava indo à casa da vítima para tentar socorrê-la.


Ainda de acordo com a polícia, após ser ferido pela mãe da vítima, o agressor fugiu a pé. Os militares disseram que ela afirmou ter agido para “defender a filha”, e que estava “muito abalada”com o ocorrido.

A PM informou que vítima e agressor foram atendidos pelo SAMU no local, e encaminhados à UPA Jardim Teresópolis. A mulher apresentava ferimentos graves, “chegando a desmaiar várias vezes”, e permanece na unidade, segundo as últimas informações dos militares.

A faca usada pela mãe da vítima, “não foi encontrada”. Após atendimento, o suspeito foi encaminhado à 1ª Delegacia de Polícia de Betim.

A Polícia Civil disse que ratificou a prisão em flagrante do suspeito por tentativa de feminicídio, além do delito de stalking. Ele foi encaminhado ao sistema prisional.


A vítima não foi ouvida ainda, pois está hospitalizada. “A mãe da vítima, ao que tudo indica, agiu em legítima defesa e não responderá, em razão da excludente do crime (da ilicitude)”, disse ainda a polícia.

O homem tem passagem por tráfico de drogas.

 



Se você presenciar um episódio de violência contra a mulher ou for vítima de um deles, denuncie o quanto antes através do número 180, que está disponível todos os dias, em qualquer horário, seja através de ligação ou dos aplicativos WhatsApp e Telegram.

Nicole Kidman revela arrependimento aos 54 anos: “Eu gostaria de ter tido mais filhos”

Artigo Anterior

Cinco pessoas denunciam patroa, depois que babá pulou do 3º andar pra fugir dela

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.