Notícias

Jojo Todynho rebate declarações de Bruna Karla na Parada LGBT+ de SP

foto: Instagram
jojosite

A cantora Jojo Todynho respondeu, na 26ª Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo, as declarações homofóbicas da também cantora Bruna Karla dadas a um podcast em dezembro de 2021.

Jojo aproveitou sua fala em um dos trios da Parada para mandar mensagens de amor e tolerância.

“Deus é amor, queremos amor e menos ódio, chega de matança, chega de intolerância!”, disparou Jojo Todynho contra a cantora gospel.

No fim do ano passado, Bruna Karla contou que se recusou a cantar no casamento de um amigo por conta da orientação sexual dele.

A cantora ainda aconselhou o rapaz a se relacionar com “uma mulher cheia do poder de Deus”, justificando que ao se casar com outro homem o rapaz estaria “escolhendo o caminho da morte eterna”.

Revolta de famosos

Depois da repercussão da fala da cantora gospel, diversos famosos começaram a se pronunciar. Ludmilla fez questão de demonstrar sua insatisfação no Twitter.

Gil do Vigor também usou suas redes sociais para se manifestar contra a declaração de Bruna Karla. Em seu Twitter, o ex-BBB falou: “De fato, quando Jesus aparecer alguém irá se envergonhar e não é seu amigo gay mas sim você por sua atitude preconceituosa! João 14 fala que Deus nos chama de amigos e a palavra amigo é forte demais para ser sustentada com base no preconceito e falta de amor ao próximo”, postou.

O cantor Jão lembrou que o discurso homofóbico da cantora gospel é criminoso.

Screenshot 61

Direitos Autorais: Reprodução/Twitter

0 %