Notícias

Karina Bacchi expôs motivos de divórcio em live com pastor

Foto: Reprodução
karinna bacchi

Nesta quarta-feira (18/5), veio a tona o fim do casamento entre Karina Bacchi e Amaury Nunes, após quatro anos de união. Assinado em meados de abril, o divórcio teve como um dos principais motivos o fanatismo religioso de Bacchi, segundo fontes próximas ao casal contaram.

Semanas antes do fim do matrimônio, a apresentadora já dava indícios de que a relação dos dois não ia nada bem: a atriz fez uma live com o pastor Josué Gonçalves para falar sobre como construir um casamento vencedor por meio da fé e acabou expondo algumas de suas preocupações pessoais.

Em quase duas horas de transmissão, a atriz e o religioso comentaram sobre maneiras de usar a crença para fortalecer a relação e os papéis do homem e da mulher no matrimônio. No entanto, em determinado momento, quando o Gonçalves falava sobre término de casamentos, Karina fica emocionada e passa a mão em seu rosto, aparentemente, enxugando uma lágrima dos olhos.

Em outro momento marcante, a atriz fez uma pergunta que facilmente poderia ser relacionada ao casamento dela com Amaury Nunes: “Mas quando acontece da esposa, sei lá, estar vivendo dessa forma, tentando através da oração e ela não vê mudança não vê transformação no casamento dela, até que ponto ela deve batalhar por esse casamento? Ou isso é um sinal de que talvez esteja faltando alguma mudança de atitude da mulher e não só da oração?”.

Karina também relatou que orou para que Deus revelasse o que estava errado na relação: “A minha busca através da fé pela resposta, pelo direcionamento, pela transformação minha, principalmente, do que eu precisaria para mudar o meu relacionamento, eu pedi muito por revelação. A minha oração principal, não era ‘Deus, mude meu esposo’, era ‘Me revela o que está errado na nossa relação?’.

Fanatismo religioso

A coluna LeoDias descobriu, por meio de pessoas próximas ao casal, que o fator que motivou diretamente o fim do casamento entre Karina Bacchi e Amaury Nunes foi o fanatismo religioso da atriz. A atriz chega a ler a Bíblia durante 10 horas em um único dia.

Karina também deixou de manter amizades com pessoas que não seguissem a doutrina evangélica e, para além disso, parou até mesmo de frequentar lugares em que pessoas de outras religiões estivessem presentes. Ainda de acordo com amigos de Bacchi, a artista deixou de ir a um evento porque quem iria se apresentar era o cantor Thiaguinho, que não é evangélico.

Bacchi e Amaury se divorciaram há cerca de um mês e os amigos enfatizam que o término é definitivo, visto a divergência de pensamentos que os dois possuem perante a forma de enxergar a religião e a fé.

0 %