Notícias

Lívia Andrade fala sobre polêmicas com Pétala Barreiros: “Eu corro risco de vida”

livia

Lívia Andrade se pronunciou sobre as polêmicas envolvendo o seu nome com o de Pétala Barreiros, ex de seu atual namorado, Marcos Araújo.



Em entrevista ao colunista Leo Dias, do site Metrópoles, a apresentadora chegou a dizer que corre risco de vida.

A história começou quando Lívia acompanhou o namorado durante a realização de um exame de DNA, que Marcos fez para saber se é pai do filho de Pétala, Lucas, de 9 meses.

A imagem foi compartilhada por Yanka, irmã da influenciadora, que debochou da presença da apresentadora na área externa do local. “Coitada, foi proibida de entrar. Bem a sua cara, né? Marcos, você é muito previsível, todo esse show, com mais de quatro seguranças armados intimidando eu, minha irmã e o Luquinhas, de 9 meses”, disse.


Lívia contra-atacou relembrando o fato de que, em 2011, o pai de Pétala, Altermir Barreiros, foi preso em flagrante por suspeita de tentar roubar joias no interior de São Paulo, ao lado do irmão, Altair.

Pétala reagiu dizendo que Marcos usava Lívia para atacar a ela e a sua família. “Mais uma vez o meu ex se escondendo atrás da namorada dele pra me atingir. E mais uma vez, desde o início do ano, ela buscando atingir o meu pai. muito nervosa, porque eu não aguento mais as acusações contra meu pai”, disse Pétala.

Para Leo Dias, Lívia contou que tem recebido milhares de mensagens todos os dias com xingamentos e ameaças direcionadas a ela, que sente que corre risco de vida, e que tem medo do pai e da mãe de Pétala, Eunice Maria Barreiros, que também confessou à Justiça estar envolvida em crimes de falsidade ideológica.

“Essa mulher foi perseguida, essa mulher, sim, foi traída, essa mulher teve a vida abalada, mas não só porque foi traída, porque além da traição, existiu uma perseguição. De ir atrás dela no salão de beleza, de parar o carro na frente em trânsito, de ir em porta de escola, isso ninguém fala, ninguém comenta, não tem sororidade por essa mulher que foi traída lá atrás. Ela (Pétala) foi amante, a família sabia e andava todos juntos causando coisas. Não existe uma vítima, não existe uma inocente.”


“Até que ponto um ser humano é capaz de chegar pela fama, pelo engajamento? As pessoas estão fazendo de tudo, criando coisas para serem famosas, para serem vistas. (…) As pessoas começaram a me mandar, quando eu comecei a ser bombardeada e atacada, muita informação chegou até mim.”

“As pessoas me mandaram coisas para eu tomar cuidado, as pessoas estavam me alertando. Eu comecei a ficar assustada, porque eu vi que fui envolvida em um plano. Eu estraguei o plano da família [ao namorar o empresário Marcos Araújo]”, disse a apresentadora.

“Era como se eu tivesse roubado a galinha dos ovos de ouro. Hoje eu corro risco. Eu estraguei um plano de vida, um plano de uma família. Então eu corro risco de vida”, diz Lívia. Questionada por Leo Dias se a família de Pétala seria perigosa, Lívia responde: “Eu não sei. Até que ponto uma pessoa chega… o que as pessoas podem fazer para alcançar seus objetivos? Eu não sei.”


Mara Maravilha rebate críticas por diferença de idade do marido

Artigo Anterior

Catador improvisa banca de lanches com chapa recuperada no lixo e vira alvo de humilhações

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.