Notícias

Mulher denuncia carta de vizinhos criticando que ela ande ‘nua’ em casa

Uma mulher que mora em Essex (Inglaterra) foi às redes sociais para denunciar uma carta anônima assinada por “seus vizinhos” pedindo para que ela não andasse nua dentro da própria casa.



Alexandria Taylor, de 26 anos, contou ao jornal britânico Daily Mail que estava caminhando em direção ao seu carro quando viu um bilhete preso no para-brisa. Ao desdobrar a carta, ela se deparou com a crítica.

“Seria um gesto muito apreciado se você puder fechar as suas cortinas ao andar nua em sua casa. Minhas crianças não querem ver você mostrando a sua bunda”, dizia o bilhete que continha uma assinatura misteriosa: “Seus vizinhos”.

Direitos autorais: Reprodução/Facebook


Taylor, que é mãe de duas crianças, fez uma publicação em um grupo do Facebook relatando sua indignação por receber o bilhete.

“É a coisa mais bizarra que já aconteceu comigo, não consigo entender. Eu não estava andando nua. Eu estava vestindo uma camiseta e uma calcinha francesa – e elas cobriam boa parte da minha bunda”, escreveu. “Na verdade, eles têm sorte porque eu ando com muito menos do que isso”, desabafou.

Não tenho certeza de como foi a educação deles para achar que isso é um problema e achar normal espiar a casa de uma pessoa e dizer como ela deve se vestir.”

A mulher recebeu apoio de várias pessoas nos comentários. Um dos usuários da rede social ainda disse que provocaria ainda mais o autor da carta.


“Eu esperaria escurecer, acenderia todas as luzes da casa, entraria em todos os cômodos e pressionaria minhas nádegas contra cada maldita janela”, escreveu. Outra pessoa disse: “É a sua casa e você se veste do jeito que quiser dentro dela.”

A britânica agradeceu às mulheres da publicação e informou que não vai mudar sua roupa por conta dos vizinhos. “Agora me sinto melhor com o apoio de vocês. As pessoas não deveriam olhar para a casa das pessoas se não gostarem da vista”, comentou a mulher.

Mulher de Rodrigo Faro desabafa sobre estado de saúde da família

Artigo Anterior

Mulher omite morte do pai por 6 anos e recebe R$ 190 mil do INSS

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.