Notícias

Mulher manda “dar susto” em ex, mas ele acaba sendo morto

Foto: Reprodução
suspeita

A blogueira Isabela Gomes Pereira, conhecida nas redes sociais como “Isa Gomes”, de 29 anos, presa suspeita de envolvimento na morte do ex-namorado, já tinha registrado, ao menos, dois boletins de ocorrência contra ele. O homem foi agredido e morto em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Leandro Rezende Morais, de 36 anos, foi assassinado na última terça-feira (28) dentro de casa. À Polícia Militar, Isabela contou que tinha descoberto que o ex estava se relacionando com uma amiga dela. Nervosa, ela teria conhecido três homens em uma pracinha da cidade e levado o trio até a casa da vítima.

Leandro foi encontrado morto em um dos quartos da residência. Ele estava com as mãos e pernas amarradas, um fio enrolado no pescoço e uma blusa cobrindo o rosto.

Em uma página nas redes sociais, Isa Gomes tem mais de 11 mil seguidores. Ela costumava mostrar cosméticos para venda e se apresentava como criadora de um procedimento estético para boca.

Em nota, a Polícia Civil informou que a mulher e outros dois homens tiveram a prisão em flagrante ratificada por roubo seguido de morte. O trio foi encaminhado ao sistema prisional.

Screenshot 21

Direitos Autorais: Reprodução/Redes Sociais

Brigas em relacionamento conturbado

Desde 2021 há registro de boletins de ocorrência envolvendo o ex-casal. Em setembro, Isabela procurou uma companhia da PM afirmando que havia sido agredida por Leandro com um tapa no rosto e puxões de cabelo.

O homem negou as agressões e disse à polícia que a mulher foi até a padaria em que ele trabalhava e o ofendeu dizendo: “você é um vagabundo, traficante, ladrão de carga”. Logo depois, ela entrou no carro dele insistindo para conversar.

Em abril deste ano, Isabela procurou a polícia para informar que, ao passar na frente de um restaurante da Pampulha, viu o carro do ex-namorado estacionado.

Ela entrou no estabelecimento e o viu com outra mulher, momento em que quebrou um copo na mesa dele e ainda arranhou o carro de Leandro. A blogueira disse à polícia que os dois se agrediram, o que causou escoriações no braço e mão dela.

isa gomes 01072022095500773

Direitos Autorais: Reprodução/Redes Sociais

Dias depois foi a vez do homem registrar um boletim de ocorrência em que contou o que tinha acontecido no restaurante e que, na confusão do lado de fora, Isabela pegou a carteira dele, saiu correndo e, desde então, se recusava a devolver.

Segundo a Polícia Civil, “o inquérito instaurado em setembro de 2021 apurava fatos de violência doméstica praticados supostamente por Leandro Rezende Morais. Com o falecimento do suspeito extingue-se a punibilidade e o procedimento segue para o judiciário”.

Blogueira de cosméticos

Ao se apresentar no perfil, a suspeita diz que é “uma pessoa muito forte, mas ao mesmo tempo bastante sensível (‘quem me conhece, sabe’)”.

Além de divulgar produtos, Isa também gostava de postar frases motivacionais para os seguidores.

“Você é mais forte do que pensa e mais capaz do que imagina”, escreveu a mulher em um dos posts.

“Se apaixone por você todos os dias. #voarcomoáguia #mulheresempoderadas #vemqueeuteajudo”, escreveu em uma legenda de foto.

A reportagem não localizou nenhum parente ou defesa da suspeita. Na padaria em que Leandro trabalhava, as ligações não foram atendidas.

Homens contratados na rua

Na última terça-feira (28), a Polícia Militar foi acionada por um vizinho da vítima, que suspeitou que a casa ao lado tinha sido invadida. Os policiais entraram na residência e encontraram o corpo de Leandro dentro do quarto.

Os militares verificaram a existência de diversas ocorrências envolvendo Leandro e a ex-namorada e foram até a casa dela, no bairro Tirol, no Barreiro, em BH.

Isa contou que tinha descoberto uma traição envolvendo o homem e uma amiga. A blogueira disse que ficou transtornada, estava chorando em uma praça no bairro Mangueiras, no Barreiro, quando um desconhecido se aproximou e perguntou o que estava acontecendo.

Ela disse que contou da traição e falou que era constantemente agredida pelo companheiro. Ainda segundo ela, o homem se ofereceu “para dar um susto” em Leandro.

Eles combinaram de se encontrar na praça mais tarde, mas, quando a mulher voltou ao local, outros três homens a aguardavam para ir até a casa de Leandro. Segundo Isa, eles pularam o muro da residência e ficaram cerca de 20 minutos lá dentro. Ela disse que aguardou do lado de fora.

Versão dos suspeitos

Os militares conseguiram encontrar dois suspeitos, que deram uma versão diferente. Eles disseram que estavam na praça quando a mulher se aproximou e pediu que dessem um susto no namorado e roubassem a casa dele. Ambos afirmaram que ela entrou na casa de Leandro e chutou o rosto dele.

O terceiro homem suspeito de envolvimento no crime não foi localizado.

leandro rezende mata padeiro 29062022082226088

Leandro Rezende – Direitos Autorais: Reprodução/Redes Sociais