Notícias

Namorados na adolescência, casal se reencontra após 40 anos e se casam. Uma emocionante história de amor!

Foto: Reprodução
Idosa se casa com amor da adolescencia apos 40 anos em historia emocionante

Ela contou a história deles em um livro, desde o primeiro encontro até o casamento feliz que compartilharam!

Há quem não acredita que ainda existam amores duradouros, que coisas assim ficaram reservadas aos livros de romance, mas a história de Maria das Graças e Murilo Bastos prova que sim, é possível um amor durar a vida toda. O casal se reencontrou depois de quase 40 anos afastados e então, enfim puderam viver o amor que sentiam um pelo outro plenamente. Os dois se casaram em 2016, no mesmo ano em que se reencontraram, e viverão três lindos anos de casados, até que o romance dos dois foi encurtado pelo falecimento de Murilo, aos 66 anos. Por mais triste que o desfecho dos dois possa parecer, a história deles foi eternizada por Maria, que escreveu um livro sobre o amor dos dois.

De acordo com informações do G1, o nome da obra é “Foi possível, sim” e nela, Maria conta sobre sua história de amor com Murilo. Os dois se conheceram no Ceará, quando ainda eram crianças e rapidamente viraram amigos, o que na adolescência evoluiu para um namora, que durou oito anos. O amor dos dois enfrentou poucas e boas, por conta do preconceito racial e a diferença social que existiam em suas famílias.

O relacionamento chegou ao fim quando Murilo partiu para o Rio de Janeiro, a fim de trabalhar no Teatro Brasileiro. Após quase 40 anos desde o dia em que se viram pela última vez, Maria das Graças e Murilo se reencontraram pelas redes sociais em 2016. Mas antes disso Graça – como a professora é conhecida – chegou a casar com outra pessoa, com quem teve duas filhas, que lhe deram dois netos.

A professora contou que os dois passaram cerca de três meses se comunicando pela internet, apenas como amigos, mas ela não perdia a oportunidade de expressar o seu amor por ele.

2 Namorados na adolescencia casal se reencontra apos 40 anos e se casam. Uma emocionante historia de amor

Direitos autorais: Reprodução / Arquivo pessoal

Os dois finalmente se encontraram frente a frente em março de 2016, quando Graça viu que Murilo estava em Fortaleza e eles marcaram de se encontrar. Depois de finalmente se reencontrarem, os dois ainda foram para o Teatro Carlos Câmara e viajaram juntos para Uruburetama, no interior do Ceará. Mas, eventualmente, Murilo precisou voltar para o Rio de Janeiro.

Menos de uma semana depois desse período juntos, Murilo pediu Graça em namoro, e três dias depois eles estavam noivos. O casamento aconteceu em junho de 2016, no Rio de Janeiro. Assim começava uma nova etapa desta longa história de amor!

Em 2018, o casal voltou do Rio de Janeiro a Fortaleza para acompanhar o nascimento do primeiro neto de Graça e passaram a viver na capital cearense, pois Murilo adoeceu do coração. Ele chegou a fazer uma cirurgia bem-sucedida, mas, sete meses depois, sofreu um infarto fulminante e morreu. Murilo também era portador do vírus HIV.

Graça fala sobre a história dos dois como uma linda história de amor, que superou os preconceitos, a distância e até mesmo a doença. Graça disse que nunca imaginou viver um amor assim, com uma pessoa que a complementava de tantas formas, mas foi possível sim, assim como diz o nome de seu livro.

3 Namorados na adolescencia casal se reencontra apos 40 anos e se casam. Uma emocionante historia de amor

Direitos autorais: Reprodução / Arquivo pessoal

Apesar de o casamento dos dois ter durado apenas três anos por conta da morte de Murilo, Graça se sente grata por ter vivido um relacionamento feliz, onde o amor entre os dois era mútuo, mesmo que por pouco tempo. Ela conta que ambos se sentiam muito amados um pelo outro e reconheciam a bênção que era poder terem um ao outro em suas vidas. Ela ainda se recorda que os dois pediram muito para que pudessem morrer juntos, bem velhinhos, mas ela acabou sozinha neste mundo, com a perda de seu grande amor que, até hoje, é algo difícil de aceitar. No entanto, a senhora diz que encontra conforto na sua crença do céu, de que um dia, ela e seu amado se reencontrarão no céu, assim como fizeram aqui na Terra

0 %