Notícias

“Namoro na santidade”: maranhense viraliza por relacionamento sem beijo

Foto: Instagram
namoro

“Lembrando que não é regra: é a nossa vida e aquilo que vivemos”. Essa foi a legenda usada por Isabela Nogueira Silva, 24 anos, de São Luís, para falar sobre seu namoro com Thiago Henrique Dias Silva, 23 anos, nas redes sociais.

Ela e Thiago estão em um relacionamento há um ano e três meses, mas escolheram se beijar e fazer sexo apenas após o casamento – que acontece em 10 meses.

No TikTok, seus vídeos sobre o assunto já renderam quase 3 milhões de visualizações. Nas publicações, ela destaca como ela e o namorado evitam ficar em locais privados sozinhos, para não caírem na tentação.

“Quando o vídeo começou a polemizar eu até estranhei. Dentro da minha cabeça era algo claro, de não ficar sozinha com o menino. Tem quem diga que ficamos sozinhos dentro do carro, mas aí é questão de necessidade”, conta Isabella em entrevista.

O casal, que se conheceu na igreja, já beijou a parceria em outros relacionamentos, mas no deles, fizeram a escolha de esperar até o dia do casamento. Isabel conta também que evitar momentos a sós com o noivo. Eles nunca ficaram, por exemplo, em casa assistindo a filmes sozinhos. “Consideramos que isso pode levar a outras coisas, prefiro errar pelo excesso. Daqui há 10 meses vamos nos casar e poderemos fazer tudo isso”, conta.

“Foi algo conversado entre nós dois. Nos perguntam como temos intimidade se nunca estamos sozinhos e respondo que é em lugares com movimento, como praia e shopping, por exemplo”, diz Isabela.

“Sabemos que temos atração física um pelo outro mesmo sem beijar”

Mesmo dentro de suas crenças, Isabela não considera beijar um pecado e não é por isso que está esperando seu casamento para enfim, unir os lábios aos do noivo. “Beijo na Bíblia não é proibido, mas entendemos que é algo que poderia nos levar ao sexo, e isso sim, entendemos como pecado fora do casamento”, diz. Ela sempre quis casar virgem.

Juntos há um ano e três meses, Isabela e Thiago se conheceram há quatro anos, mas o relacionamento é mais recente. Casar sem a experiência de ter intimidade com o namorado a preocupa, mas ela está tranquila com a decisão que tomou. “Vou casar virgem e ele será a primeira pessoa com a qual vou fazer sexo. Sabemos que temos atração física um pelo outro, mesmo sem beijar, dá para perceber”, conta.

O casal conversa muito sobre o que gosta. “Estamos construindo o que vamos levar para o casamento”, conta. No início, a família do casal achou estranha a escolha, mas entenderam e apoiaram. E, às vezes, até seguram vela para eles.

A inspiração para a escolha vem de outros casais, da mesma igreja, que tomaram a decisão de se beijarem só após o casamento e que hoje são felizes. “Nossos pastores e líderes nos aconselham, mas ficou ao nosso critério escolher não beijar. Meus líderes namoraram assim e estão casados há dois anos”, diz Isabela.

A jovem não se arrepende da escolha e acredita que beijar pode até ajudar a confundir os sentimentos que você tem pelo outro. “Posso escolher, por exemplo, ficar com ele só porque beija bem, mas não terei claro quem ele é como pessoa. Hoje consigo olhar para o Thiago e ver seus defeitos. Apesar deles, escolhi amá-lo”, explica.

Isabela explica, entretanto, que a intenção do vídeo não é converter nem catequizar ninguém. “Estou contando nosso dia a dia para ajudar aqueles que querem evitar cair em tentação. Não obrigar ninguém a fazer o mesmo”, conclui.