Notícias

“Não quero fazer disso aqui um motel”, diz Eliezer sobre affair com Natália

Eliezer sobre affair com Natalia capa

Eliezer, um dos nomes do “BBB 22”, conversou com Laís, Lucas e Tiago Abravanel sobre o affair com Natália, relatando um papo que teve com a modelo sobre sexo no reality global — os dois transaram pela primeira vez durante a segunda festa da então líder Jade Picon.

Eu acho que a gente tem que tomar cuidado porque, se deixar, vai todo dia porque é bom. Mas só que tem duas questões, primeiro: vocês aqui da casa. Imagina vocês entrarem no quarto e está a gente lá? Acho isso desconfortável para a gente, para vocês, para todo mundo. Acontecer uma vez ou outra, beleza, mas todo dia acho que não é legal. O segundo ponto: ainda é um programa de televisão, ainda tem criança assistindo. Eu não quero me colocar nesse lugar de fazer disso aqui um motel.“.

Depois da pegação, que já teve o estímulo, a gente dormir junto? Eu não vou aguentar, eu me conheço. Já aconteceu uma vez, para acontecer de novo…“, seguiu o designer, e o grupo concordou.

Em seguida, Eli desabafou sobre sua dificuldade de se envolver: Eu até conversei com ela, para a gente ser muito transparente um com o outro.

Meu rolê com ela é muito diferente do seu rolê com a Eslôvenia. Para eu colocar sentimento em cima de uma situação, eu tenho um processo muito grande para me envolver. É difícil destravar esse lado em mim“, disse o brother que seguiu:

Eu não quero que ela coloque nenhuma expectativa sobre mim, eu não vou colocar nenhuma expectativa sobre ela. Até porque nós estamos em um jogo e é visível que nós temos caminhos diferentes dentro do jogo. Eu perguntei para ela: ‘O que você quer? O que você imagina? Um casal, um romance?’. Eu não me vejo nesse lugar de romance, igual o Lucas e a Eslô. Para eu me envolver amorosamente com alguém, é um processo.”

Eu lembro que você falou, tem que ser amigo…“, relembrou Laís.

Tem que ser amigo, a gente tem que ter muita intimidade, eu tenho que admirar, aí depois tenho que me sentir confortável, muito íntimo, aí eu vou destravando“, acrescentou Eli.

Tiago, então, analisou o designer:

O que eu acho, vou fazer o advogado do diabo: talvez seja a mentira como o processo começou também. Você não teve uma ligação com a Nat afetiva antes de ter o desejo sexual, digo, beijar, se divertir, não o sexo em si, mas a atração sexual. Então, eu acho que naturalmente é difícil essa chave acontecer ao contrário porque você sabe que, para você ter esse lugar do romance, o processo inicial deveria ter sido de outra maneira. Não que não possa acontecer, mas vai ser muito mais difícil acontecer.

É, assim, isso é um problema que eu tenho na vida. Eu me travo muito para esse tipo de coisa“, desabafou Eli.

Você já sofreu por algum motivo?”, questionou Lucas. “O último relacionamento eu sofri bastante“, contou o brother.

Foi quanto tempo de relacionamento?“, perguntou o capixaba, e Eli contou:

Foi um ano. Mas foi a única vez que eu me apaixonei na minha vida. Eu nunca tinha me visto nesse lugar, eu não sabia o que era apaixonar. Eu já tinha amado uma pessoa, que eu me relacionei durante nove anos. Hoje em dia eu sei o que é amor e o que é paixão. Eu vejo o amor como um sentimento construído. Uma série de coisas ao longo do tempo, e a paixão não, uma coisa meio louca. […] Era minha melhor amiga. todas as minhas ex-namoradas foram minhas amigas primeiro, não sei o que acontece.

0 %