Notícias

Noiva surpreende convidados ao se casar com vestido preto no interior de SP: “Romper paradigmas”

Noiva surpreende ao casar com vestido preto capa

Vestido e decoração brancos, música clássica e “chuva de arroz“. Tudo que compõe uma festa de casamento “tradicional” não faz o estilo de um casal de Bauru (SP) que subiu ao altar no dia 26 de fevereiro, inovando nos trajes e na decoração da celebração, com tons de preto, vermelho e roxo.

A festa deixou tanto seguidores da noiva nas redes sociais quanto convidados surpresos. Elementos como flores em vermelho, caveiras, candelabros e muito rock marcaram o dia. A noiva, Danielle Narcizo Segantin, de 24 anos, contou que o intuito era romper paradigmas.

Nos inspiramos no reality ‘Sunset – Milha de Ouro’ da Netflix e o casamento ‘bafônico’ da Christine Quinn que é retratado. Ela também casou de preto. Daí, eu e meu marido nos inspiramos e quisemos romper paradigmas“, explica.

Com o sonho na cabeça e a ideia elaborada, Danielle disse que foi até o cerimonialista e assessor Bruno Arruda e solicitou a alteração dos detalhes da festa, antes mantendo a tradição, em dezembro.

Em menos de três meses, Bruno lembra que precisou “correr contra o tempo” para colocar tudo em prática. Porém, ainda havia outro desafio pela frente.

Em entrevista, o assessor afirma que foram feitas várias reuniões para pontuar como chegar ao equilíbrio e não transformar a celebração em uma festa de Halloween.

O casal chegou até mim e disse ‘você topa refazer todo o casamento em menos de três meses?’. É claro que eu topei, mas foi preciso estudar cada detalhe, várias reuniões e chegar ao equilíbrio de não parecer festa de Halloween, nem de debutante. Continuava um casamento, mas diferente“, pontua.

A universitária também disse que, no começo, a animação para inovar e se casar de preto tomou conta e a encorajou a fazer diferente do tradicional. Segundo ela, apenas nos dias próximos ao casamento que a ansiedade a fez repensar a escolha.

Já o noivo e empresário Denny Emerson Segantin, de 37 anos, comentou, em entrevista, que a ideia do terno branco também não o agradava. Afinal, ele precisaria estar no tema e fazer jus à “alma rock and roll“. Por isso, optou pelo traje em tom de roxo.

Provei o tom de berinjela e o roxo e falei ‘é esse’. Me senti muito bem no roxo. Até porque conversava com a ideia da inovação. Puxamos para o rock and roll, a nossa alma é do rock“, garante.

As ideias não pararam por aí. Além dos trajes e da decoração, o casal também fez questão de entrar no clima com músicas diferentes na cerimônia. Para a entrada dela, “Feeling Good”, de Nina Simone, e para ele, “Nothing Else Matters”, da banda Metallica. Juntos na festa, a entrada foi ao som de “Paranoid”, da banda Black Sabbath.

Segundo o cerimonialista, a surpresa dos convidados só foi possível por conta das transições entre a cerimônia e a festa. Isso porque a primeira contemplava tons de branco, gelo e até neve. Para ir à festa, todos passavam por um túnel com laser em vermelho que já climatizava para o que viria a seguir.

A cerimônia tinha outra pegada, com o gelo seco e neve. Fizemos a transição para a festa, então a pessoa passava por um túnel com laser em vermelho. Escutamos vários ‘uau’ desde o começo.

O convite já dava sinais de que a festa seria diferente. Isso porque, inspirado no jogo “Dungeons & Dragons”, trazia símbolos de caveiras e dragões, além de manter as cores vermelho e preto.

Os convidados se surpreenderam na hora. Tentamos manter segredo ao máximo para ter o impacto. Conseguimos causar isso, todo mundo ficou paralisado. Tivemos também filtros personalizados no Instagram. Pensamos em todos os detalhes“, finaliza Denny.

0 %