Notícias

O caminho que Bruna Marquezine percorreu para chegar na DC

Bruna Marquezine jornada capa site

Bruna Marquezine foi anunciada no elenco de “Besouro Azul”, novo filme da DC, na semana passada. O que talvez nem mesmo os maiores fãs da atriz não se lembrem é que ela começou os seus estudos para alcançar a carreira internacional lá atrás, em 2017.

Naquele ano, ela iniciou aulas particulares de inglês e espanhol, além de estudar artes cênicas na Europa e EUA. Na época, a atriz acreditava que precisa se aprimorar em teoria dramática.

Nessa época, um jornalista, contou que Neymar pediu ajuda a Vin Diesel e Samuel L. Jackson, com quem contracenou em cena de “xXx: Reativado” (2017), para alavancar a carreira de Marquezine no exterior. Eles namoravam na época. O jogador teria entregue nome, currículo e fotos da namorada à produção do astro de “Velozes e Furiosos”.

Na época, Bruna aparecia cotada para estrelar novelas de Walcyr Carrasco e Aguinaldo Silva, mas já dava sinais que daria um tempo em trabalhos nacionais para se preparar para uma carreira em Hollywood. A última novela da atriz, hoje aos 26 anos, foi “Deus Salve o Rei”, de 2018.

Após idas e vindas, Bruna Marquezine e Neymar terminaram o relacionamento em 2018. A atriz diz que a decisão partiu do jogador. Colunistas sociais garantiram que ele teria pedido Marquezine em casamento e dado um “ultimato” para a carioca morar em Paris, na França, mas a moça resolveu priorizar sua carreira.

Um ano depois do término, Marquezine contou em entrevista ao jornal Agora que a sua vontade era fazer um curso de artes cênicas em Los Angeles, nos Estados Unidos, aproximando-se assim de Hollywood. “Eu preciso disso. Comecei muito cedo, tudo o que eu aprendi foi na prática e sinto que falta uma bagagem diante de outros atores que eu admiro muito”, disse ela na época.

O desejo de estudar coincidiu com uma época de críticas. Com “Deus Salve o Rei”, seu último trabalho na TV Globo, Bruna Marquezine virou alvo de reclamações do público e da crítica pela sua atuação como Catarina. Apesar de não ter sido um fracasso de audiência – a trama conseguiu números satisfatórios de audiência, fechando com 25,5 pontos na Grande São Paulo -, o projeto marcou uma espécie de fim de ciclo melancólico para a estrela.

Em 2020, Marquezine preferiu não renovar com a TV Globo e se afastou das novelas. Muitos acharam que ela havia desistido da carreira, mas a escalação para “Besouro Azul” mostra algo diferente: uma vitória ganha silenciosamente pelo esforço de uma artista. Hoje, ela se orgulha por não ser mais associada a Neymar.

“Vi coisas acontecendo [nos bastidores], vi gente querendo me sabotar, se unindo para fomentar ódio, achando legal quando eu era diminuída a namorada do Neymar mesmo tendo visto de perto minha trajetória”, disse ela em entrevista recente, queixando-se da cobertura machista da sua carreira.

“Fui uma das poucas crianças que fechou com a Globo, e tive contrato fixo até sair de lá. Mas começava a acreditar que minhas conquistas não eram boas o suficiente, que eu não era digna daquele lugar, que eu só era boa quando era criança e depois disso eu enganei e fui levando as pessoas no carisma. Foram anos vendo as pessoas [do meio artístico] fazendo eu duvidar do meu valor, do meu esforço”, finalizou.

Imagem de capa licenciada para o site O Segredo: Depositphotos

0 %