Notícias

Pantanal: Em final original, Madeleine sobrevive e volta com José Leôncio

Foto: Reprodução
capa madelaine

Após tanto rancor, tantos anos de distância e tantos ataques um ao outro, você consegue imaginar um final de Pantanal em que Madeleine (Karine Teles) e José Leôncio (Marcos Palmeira) ficassem juntos, como casal?

Era isso que estava previsto no roteiro original da novela, cuja primeira versão foi ao ar em 1990, na extinta Manchete (1983-1999). Quem revela este desfecho é Ítala Nandi, intérprete da primeira Madeleine e responsável pela mudança total na trama.

Em ambas as versões, os telespectadores acompanharam as cenas em que Madeleine e o piloto do avião em que ela estava, indo em direção à fazenda de José Leôncio, sofrem um acidente: a aeronave cai no rio, durante uma tempestade.

Essa tragédia representou a morte da personagem, que deixou o público em luto.

No entanto, não foi isso que o autor Benedito Ruy Barbosa planejou para Madeleine. “A novela original é maravilhosa. Ela caía no Pantanal e não morria. Era cuidada pelo Velho do Rio, se transformava numa pantaneira maravilhosa e acabava ficando com o Zé Leôncio no final. Que coisa, já que no início da novela ela o chamava ele de ‘cheiro de bosta de vaca‘”, revela Ítala Nandi.

Havia uma virada na personagem que era maravilhosa. Imagina o Zé Leôncio encontrar aquela mulher, que foi mulher dele, no meio do Pantanal, transformada em outra coisa. Seria um gênio de cena“, afirma ela.

No entanto, na versão original, Madeleine apenas morreu na tragédia e nunca mais reapareceu. No remake, até então não há indícios de um reaparecimento da personagem. Ítala acredita que nada mudará mesmo nesse sentido.

Claro, todo mundo já ficou sabendo de tudo [de como a personagem poderia não ter morrido] através de tanta entrevista, claro que tinha que acontecer o que aconteceu“, resmunga.

Por que Madeleine saiu da trama?

A morte da personagem foi uma solução encontrada por Benedito Ruy Barbosa após Ítala Nandi pedir para sair da novela. Dois anos antes de Pantanal, ela havia mandado um pedido para a embaixada da Índia no Brasil para gravar um documentário no país estrangeiro.

O pedido foi aceito durante as gravações, e a atriz decidiu largar tudo para fazer seu filme.

O documentário de fato aconteceu. Chamado de Caminho dos Deuses, ele retrata viagens de Ítala por locais sagrados da Índia. Ela, que é natural do Rio Grande do Sul mas afirma que seu nome tem origem indiana, não voltaria atrás em sua decisão.

Apesar do quanto foi doloroso ter pedido pra sair da novela, eu fico muito feliz por ter tido força pra fazer isso. O nome Nandi na Índia é que nem Silva. Descobri que tenho origem de guerreiros indianos no nome da minha família. Pra mim, era extremamente importante descobrir as origens da minha família. Eu aprendi a origem de coisas, conhecimentos maravilhosos” explica.

Não me arrependo, mas reconheço, entendo que Benedito Ruy Barbosa tenha ficado chateado, claro. Quando vi a reprise da novela, percebi quanto a personagem fez falta. Deu pra ver claramente. Então tudo bem, o que vou fazer?“, conclui ela.

0 %