Notícias

Prefeito flagrado com dinheiro em aeroporto: “R$ 500 mil não dá para comprar carro bom”

Em entrevista à Rádio Gaúcha, o prefeito de Cerro Grande do Sul (RS), Gilmar João Alba (PSL), conhecido como Gringo, afirmou que R$ 500 mil “nem dá pra comprar um carro bom”.



Ele foi flagrado pela Polícia Federal com a quantia no Aeroporto de Congonhas, em 26 de agosto.

“Esse dinheiro, eu ando para oportunidade de negócios. E como é declarado, e diz na Receita que é declarado, anda em qualquer parte do Brasil. Então, eu ando com meu dinheiro para onde eu quiser”, afirmou o prefeito.

A quantia era transportada em caixas de papelão e foi descoberta durante uma inspeção por raios X. “Eu boto o dinheiro onde quiser: na caixa de papelão, no sapato. É meu. Não quer dizer que tudo o que eles dizem é verdade”, disse, quando questionado sobre a razão das caixas de papelão.


O prefeito se recusou a responder para o que usaria o dinheiro e ameaçou deixar a entrevista se a jornalista insistisse na pergunta. “Eu não sou obrigado a falar para vocês o que eu ia fazer com o meu dinheiro. Poderia até ser uma festa.”

O caso fez com que senadores que integram a CPI da Covid-19 solicitassem ao presidente do colegiado, Omar Aziz (PSD-AM), que comunique o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), sobre os indícios de financiamento de possíveis atos antidemocráticos previstos para serem realizados em Brasília, no feriado de 7 de Setembro.

O pedido partiu do senador Humberto Costa (PT-PE), que denunciou a recente apreensão, pela Polícia Federal, de R$ 505 mil no aeroporto de Congonhas (SP).

“Temos indícios de que esse recurso viria para financiar esse ato contra a democracia, no dia 7 de setembro. Mas não somos nós que vamos investigar. Por isso, peço que envie ao ministro Alexandre de Moraes para que ele possa tomar as medidas cabíveis”, afirmou o petista.


Cartaz em sala de Secretaria de Saúde do DF sugere que servidores aliviem o estresse: “Bata a cabeça aqui”

Artigo Anterior

Fantasma? Vídeo flagra moto andando sozinha após suposta morte do dono

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.