Notícias

Promessa de comandante da PM, mulher libertada após 15 anos de cárcere privado ganha ‘dia de princesa’ em Salvador

Uma mulher que foi libertada de cárcere privado, em outubro do ano passado, em Salvador, ganhou um “dia de princesa”, na segunda-feira (5). O presente, que incluiu hidratação nos cabelos, unhas feitas, design de sobrancelhas e maquiagem, foi uma promessa feita pela comandante da Base Comunitária do Calabar, capitã Aline Muniz, quando a vítima foi resgatada com os três filhos.



Patrícia Barbosa e os três filhos, de 15, 9 e 7 anos, sofreram abusos físicos e psicológicos por cerca de 15 anos. Quando foi encontrada, a mulher estava sem os dentes. Atualmente, ela conta com medida protetiva e permanece acompanhada pela Operação Ronda Maria da Penha.

“Quando encerramos a situação de violência prometemos a ela um dia de princesa e ontem, com o apoio de nossos parceiros, conseguimos realizar esse desejo. Também conseguimos cuidar dos dentes dela e colocar implantes”, disse a capitã Aline Muniz.

Direitos autorais: Divulgação / SSP-BA


A oficial Calabar lembra que ao chegar na casa onde família vivia, logo foi notada a gravidade da situação. “Percebemos que a mulher e seus três filhos sofriam violência doméstica e viviam em situação de cárcere privado. Fizemos o resgate da família e encaminhamos para a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher para formalização do crime”, lembrou Aline.

A unidade de policiamento comunitário conseguiu um abrigo para a família, posteriormente transferida para um imóvel alugado com o

Direitos autorais: Divulgação / SSP-BA

apoio da prefeitura. Patrícia Barbosa recebe parte do aluguel e o benefício Bolsa-Escola.


Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o agressor foi preso em fevereiro deste ano, quatro meses depois do resgate, durante ação conjunta das polícias Civil e Militar, após mandado ser expedido pela 4ª Vara de Violência Doméstica.

 

Conheça a história real que inspirou o filme da Netflix “Paternidade”

Artigo Anterior

Após cirurgia abdominal, Luciano Szafir segue internado e sedado no Rio

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.