Notícias

Promotoria afirma que Sérgio Hondakoff, Cabeção de Malhação, estava em cárcere privado em clínica

Direitos autorais: Reprodução
523235

De acordo com o Ministério Público, o ator estava entre os internos que eram mantidos em cárcere privado em uma clínica em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo.

Uma operação realizada pelo Ministério Público em uma clínica de reabilitação no interior de São Paulo, flagrou 46 pacientes trancados em quartos. A investigação começou depois de uma denúncia de maus tratos e de encarceramento dos internos. Dentre as vítimas encontradas no local estava o ator Sérgio Hondjakoff , conhecido por fazer o personagem Cabeção em “Malhação”, na Rede Globo.

O caso aconteceu em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo, e o local acabou sendo fechado em uma ação do MP, nesta quarta-feira, dia 4. A equipe encontrou os pacientes que faziam tratamento para reabilitação do uso de drogas trancados em quartos, e dois funcionários foram presos no local.

Sérgio Francisco Hondjakoff Mendonça tem 37 anos e estava internado na clínica que abrigava pessoas para reabilitação de dependência química. O local tinha sido denunciado por maus tratos e cárcere privado, sendo alvo de uma operação do Ministério Público. Todos os pacientes eram mantidos fechados em quartos, sem acesso às chaves, e eles alegaram que até às ligações para os familiares eram controladas e monitoradas pela equipe e pelos donos do local.

A polícia ainda revelou que encontrou no espaço medicamentos que exigem prescrição médica, mas que os funcionários não tinham receita. Os internos ainda contaram que tiveram de pagar uma taxa à clínica para serem vacinados contra a Covid-19, mesmo com a imunização sendo garantida pelo SUS. A polícia revelou ainda que os donos vão responder por sequestro.

Todos os pacientes foram entrevistados por assistentes sociais, sendo que alguns foram encaminhados para outras clínicas de reabilitação ou clínicas psiquiátricas. Sérgio não fazia parte da lista dos que continuaram em tratamento, e a polícia entrou com contato com a família do ex-ator, para que eles fossem até o local buscá-lo, enquanto ele era atendido pela assistência social da prefeitura. Não existem informações sobre quanto tempo ele estava sob cárcere.

Sérgio fez parte da edição entre 2000 e 2006 de Malhação no papel de Artur Malta, o Cabeção. Atualmente, ele estava morando em Resende, no Rio de Janeiro. Ele é pai de uma menina de pouco mais de um ano, e ele estava afastado há bastante tempo das telas, não entrando em mais nenhuma outra produção depois de Malhação.

sergio

Direitos autorais: Reprodução/Instagram

Nesta quinta-feira, dia 5, ele usou suas redes para negar que estava internado em uma clínica de reabilitação. Ele explica que estava dementindo o boato de que estaria internado, em cárcere privado. O ex-ator segue explicando que, naquela ocasião, estava em Resende, no Rio de Janeiro, onde passava as férias de inverno, ficando mais perto de sua avó e de sua tia.

Ele demonstrou ainda seu carinho pelo público, dizendo que estava com muita saudade de todos. De acordo com o G1, a informação contraria o Ministério Público, sendo que foram eles que informaram que Sérgio Hondjakoff estava entre os internos mantidos em cárcere privado em uma clínica em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo.

Muitos usuários ficaram confusos com a informação, sem compreender em quem podiam confiar, já que o MP informou que ele estava entre os internos. Outros acreditaram na versão do ator, mostrando empatia com o mal entendido e reforçando que sentiam saudades do seu personagem em Malhação.

0 %