Notícias

Tiago Iorc: especialista diz que clipe de “Masculinidades” é um espetáculo do “eu”

tiago iorc 1
Comente!

Os versos de “Masculinidade” de Tiago Iorc causaram polêmica quando a música foi lançada, há cerca de um mês. No lugar de levantar uma discussão positiva sobre o tópico, que pareceu ser o desejo do cantor, a música virou piada e motivo de chacota.

tiago iorc

Direitos Autorais: Reprodução

Para a especialista em psicanálise e influenciadora digital Manuela Xavier, a música e o vídeo de Tiago são um grande “espetáculo” do “eu” ao tratar da masculinidade apenas como “efeito colateral”.

“Mesmo quando ele admite que já foi covarde e abusivo, não vemos uma responsabilização, ou reconhecimento dos benefícios que tirou disso tudo. É como se ele fosse a vítima“, explica.

Acompanhando a canção, Tiago também lançou um videoclipe, em que aparece sem camisa dançando de forma intensa e performática. Foi o primeiro projeto dele lançado após um período afastado e isolado.

“Ser homem exige muito mais do que coragem/ Muito mais do que masculinidade/ Ser homem exige escolha, meu irmão“, canta o artista de Brasília.

tiago iorc ft1

Direitos Autorais: Reprodução

Manuela ainda ressalta que ao se referir ao seu lado “sensível” como “feminino”, Tiago ainda colaborou para reforçar o estereótipo com viés machista de que ser emotivo é “coisa de mulher”.

“Em um dos versos, ele fala que teve medo do seu feminino. Mas o que seria esse feminino? Ser sensível e emotivo? Isso é exatamente um estereótipo“, diz a psicanalista.

Para o escritor João Silvério Trevisan, autor de “Seis Balas Num Buraco Só — A Crise do Masculino”, a música de Tiago Iorc tentou levantar uma discussão para que se repensasse o masculino, mas foi absolutamente insuficiente.

“A impressão que fica é a de que ele saiu da terapia e quer dar um conselho, quase como uma autoajuda”, diz Trevisan. “Mas o videoclipe tem suas complexidades para além do texto. É bem bonito. Muita gente está fazendo o que o Iorc fez, e as maiores abordagens que encontrei vieram de feministas. Isso precisa continuar.“

Comente!

Filho de Tierry passa por cirurgia de reparo após amputar pé e mãe diz: ”Choro todos os dias”

Artigo Anterior

Após ir para Farofa da Gkay, Yudi Tamashiro é chamado de falso crente

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.