Notícias

Wanessa Camargo e Marcus Buaiz se separam após 17 anos de união

Foto: Instagram
Screenshot 3

Wanessa Camargo e Marcus Buaiz anunciaram a separação após 17 anos de união.

Nesta segunda-feira (2), o casal compartilhou nas redes sociais um comunicado oficial sobre o término da relação.

“Após 17 anos juntos, um relacionamento pautado no amor, respeito mútuo e felicidade, anunciamos que não somos mais um casal.”

“Depois de muita reflexão, decidimos pacificamente encerrar nossa relação conjugal. Ao lado dos nossos filhos incríveis que amamos incondicionalmente, continuaremos a ser uma família, com os mesmos valores e princípios que nos uniram até aqui. Pedimos a todos espaço e privacidade nesse momento.”

A cantora e o empresário estão juntos desde 2005. Eles se casaram em maio de 2007. Wanessa e Buaiz são pais de José Marcus, de 10 anos, e João Francisco, de 7.

A artista e o empresário sempre foram discretos em relação à vida pessoal e raramente publicam momentos juntos nas redes sociais. Recentemente, Wanessa compartilhou em suas redes sociais alguns cliques de uma viagem que fez para Alto Paraíso, Goiás, ao lado de alguns amigos.

Mantém a amizade

Em 12 de março passado, Wanessa publicou uma foto mostrando a família passeando no Mercadão de São Paulo. “Saindo da rotina e levando a família pra conhecer o mercadão de São Paulo, e é claro que não poderia faltar o famoso sanduíche de mortadela, né? As crianças amaram!”, escreveu a cantora.

Marcos, inclusive, comentou a postagem: “Que Momento… Que Dia Especial.” Veja a publicação:

Grande perda

Vale ressaltar que na série documental “É o Amor: Família Camargo” (Netflix), Wanessa e Marcus falaram sobre a perda do terceiro filho, que acabou desencadeando uma depressão na cantora.

“Fiquei pensando na perda que a gente teve. Num primeiro momento foi um susto. Você entra no quarto e fala: ‘Tô grávida’. Depois uma consciência de: ‘Puxa, a família vai crescer, vai ser bom pra gente’. Aí depois a gente vai fazer a primeira visita ao médico pra ver o coração bater e aquele foi o silêncio mais horripilante da minha vida… O coração não bateu e começou o processo“, contou o empresário.

Ele continuou lembrando o diálogo difícil com o médico: “‘Quais são os caminhos, doutor?’. ‘O caminho é um abortamento, que vai ser espontâneo ou ter que ser feito’. O segundo silêncio maior foi na hora que você entrou na mesa de cirurgia, que eu estava sozinho. E a visão que você passou a ter que foi o melhor. Eu ainda não consegui chegar a essa mesma percepção que você. Estou buscando isso”, completou Marcus

0 %