Como organizar o guarda-roupas?

15min. de leitura

Sabia que o guarda-roupas e o seu dinheiro estão intimamente ligados?



Saiba que a prosperidade financeira depende do quão organizado é a sua vida?

Aliás, você conhece alguém financeiramente independente e desorganizado?

Difícil, não?


Dinheiro está relacionado a forma como você vive, seja profissionalmente, quanto pessoalmente ou socialmente. Se você não consegue organizar um guarda-roupa, como espera aprender com a sua grana?

Você deve estar pensando?

“Como um homem me ensinaria a organizar meu guarda-roupa?


como-organizar-o-guarda-roupas-capa-e-foto-01

Como não sou machista (um pouquinho talvez) para dizer que é coisa de mulher, e como o público feminino é a maioria das leitoras do blog, então resolvi abrir meu lado feminino (uiiiiiiii), e escrever sobre o seu guarda roupa.

Nesse post, você aprenderá:

  1. Como a disposição das roupas influencia a forma como pensa sobre o dinheiro
  2. Como separar o que presta do que não presta
  3. O que fazer com o que está velho demais
  4. Como organizar de vez por todas mesmo sem paciência ou tempo

Vamos tornar a sua vida um pouco menos caótica, a começar pelo seu quarto?

Como espera dominar o mundo se nem consegue dominar a si mesma?

Nem o Cérebro conseguiria sem o Pink!

Depois você irá agradecer! Eu prometo!


ENFRENTANDO O GUARDA-ROUPAS

Com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo e bem feito (Pitágoras)

Admita: você sair correndo atrás de dicas para se organizar, não é?

A vida corrida do dia a dia torna a capacidade de colocar ordem em casa cada vez mais complicada. Como dizem os investidores, tempo é dinheiro e cada segundo desperdiçado é um segundo que seria aproveitado melhorando a forma como você arruma suas roupas.

Você por acaso já se atrasou por não encontrar aquela roupa adequada?

Você por acaso se atrasou naquele encontro com O CARA porque estava indecisa sobre o que usar e onde procurar?

E mesmo que tenha encontrado, ela estava toda amassada?

É a típica cena:

Homem: ” Já cheguei!”

Você (em crise existencial): “Só mais 5 minutinhos”

Como não existe coelho da páscoa e muito menos os famigerados 5 minutinhos, o que você fará para não dar mole nas próximas vezes? Como evitar a bagunça que se acumula ao longo dos anos?

Afinal de contas, nem sempre a oportunidade bate na sua porta 2 vezes (ainda mais quando falamos de alguém que nos interessa).

Antes de sair batendo a cabeça no armário, você precisa saber de algumas coisas, antes de tirar qualquer peça de lá:


DESAPEGUE-SE

como-organizar-o-guarda-roupas-foto-2

Para organizar o que está fora, é necessário organizar o que está dentro (Melissa Costa)

Essa é a dica preparatória!!

Você é daquelas que não consegue se desfazer das roupas e se apega a ela que nem uma mulher melosa?

É penoso fazer uma boa arrumação sem passar por uma limpa. Um pequeno passo para uma mulher, um grande passo para uma nova vida!

Olhe no seu guarda-roupa as roupas que você mal usa. Você sabe do que estou falando….

Aquela roupa que você finge que encolheu, pois na verdade você está um pouco acima do peso (sorry…)

Aquela roupa que um dia já foi branca e agora está amarelada ou encardida. Sim, aquelas que ficam enterradas no fundo da gaveta e você nem fazia mais ideia que elas existiam até você pegá-las.

Nem preciso dizer às que estão rasgadas, não é?! NÃO É?????

Aprender a desapegar-se fará mil maravilhas para você. E ainda se surpreenderá com a quantidade de espaço que terá ao se desfazer do que não precisa.

Mas como escolher o que fica e o que vai?


COMECE A CATEGORIZÁ-LAS

Depois de tirado todas as roupas, você vai separar em três categorias:

  1. A que você usaria de novo
  2. As duvidosas
  3. As que você jogará fora

A primeira é autoexplicativa. De alguma forma, você decidiu que vale a pena usar novamente. Talvez por ser do mesmo tamanho (ou por você manter a mesma aparência física) apesar de algum tempo de uso ou por ser uma vestimenta recente.

O que você poderia fazer é fazer alterações nas próprias roupas.

É como no carnaval: em época de folia e de blocos de carnaval, é um costume feminino estilizar, por exemplo, as camisas (vulgo abadás). O que é feito normalmente é rasgar as mangas e deixá-la um pouco mais curta (fazendo aquele nozinho acima do umbigo).

Outro exemplo, é transformar aquela calça em bermuda, ainda mais em períodos quentes, no qual se faz necessário uma mudança.

Agora, para as duvidosas, você precisaria de um tempo para refletir se vale a pena usar outra vez. Talvez o desgaste do tempo não permita o reuso ou por estar desbotada demais. Se você é uma pessoa simples, isso não será o problema.

Vista elas como se fosse usá-las e veja se não está pequeno ou enorme. Como você é uma mulher vaidosa, deixo a seu critério.

Quanto aos que não servem mais, eu explicarei mais a frente os passos seguintes!


LIMPANDO O GUARDA-ROUPAS

como-organizar-o-guarda-roupas-foto-4

Surpresa por tanta sujeira? Nunca pensou que seu guarda-roupas pudesse estar tão sujo, não é?

Relaxe!!! Acontece com todo mundo. Você passa boa parte do tempo estufando roupas dentro do armário, que nunca se deu ao trabalho de fazer aquela higiene básica.

Você não toma banho todo dia? Então, você deve limpar seu armário da mesma forma, salvo as devidas proporções. Confira o que você fará após:

  • Aspire as prateleiras e gavetas (principalmente nos cantos). Alguns possuem um acessório com escova macia, entre outras partes para que seja encaixada no aspirador.
  • Faça um mix de OMO (sim, aqueles produtinhos de limpeza que você evita usar) em despeje em um balde com 2-3 litros de água. Pegue uma flanelinha, limpe-o bem e espere secar.
  • Após a limpeza, aplique um desodorizante ou perfume por 10 minutos. Deixe-o aberto
  • Preste atenção no mofo, caso more em lugares úmidos

Faça a geral pelo menos uma vez por mês. Depois de um certo tempo, as roupas ficarão bagunçadas e a poeira se acumulará nas prateleiras.

Agora que você cuidou da limpeza e deixou-o em plenas condições para uso, vamos trabalhar nas roupas que ficarão ou que irão embora da sua vida de vez (porque você já se desapegou, não é?) !!


SEPARE POR TIPO ÀQUELAS QUE SERVIRÃO

Desapegou-se? Ok

Categorizou? Show!

Pegue as roupas que serão úteis e separe por tipos, como:

  1. Roupas de academia
  2. Roupas de trabalho
  3. Roupas de balada
  4. Roupas para a praia
  5. Roupas casuais
  6. Pijamas

Organizar a roupa é que nem planejar seu orçamento: você registra as contas por tipo de despesa (fixo, variável, diversas, despesas da casa, despesas do mercado).

Pegue aquelas que mais se parecem e separe como mencionado acima. De preferência, separe cada uma em uma gaveta específica do seu armário.

Se for usar os cabides preste atenção ao tipo utilizado, pois deve suportar o peso da roupa. Para facilitar, arrume os cabides de tal forma que o gancho fique virado para dentro do guarda-roupa. Arrume as roupas por tipo, por exemplo, uma fileira só de trajes para academia, outra fileira de cabides com roupas para sair noite e assim por diante.

Em relação aos pijamas no armário, separe avulsamente. Agrupe por tipo de estação; uma para o verão e outra para o inverno.

Se faltar espaço, cogite usar outa haste para dobrar os espaços para os cabides.

Seu guarda-roupa está ficando cada vez mais bonito e arrumado? Você nunca imaginou que fosse ficar assim, não é?

Não te falei que você era capaz?


E OS SAPATOS?

como-organizar-o-guarda-roupas-foto-3

Mulher e sapatos são uma combinação mortal…você compra tantos que nem sabe qual vai usar. E na dúvida, o que você faz?

Compra mais sapatos? Acertei?

Mas tem dias que a cor não te agrada, o tecido não combina com seu humor e você assiste na TV alguma famosinha usando algo (de preferência sob patrocínio)

Em épocas de Big Brother e subcelebridades, você quer usar o mesmo que elas.

Sapatos novos são uma forma de distração para esconder a falta de satisfação em si própria.

E possui até evidência científica!!! Leia abaixo (Fonte: O Diário):

Uma pesquisa investigou a verdadeira relação que as brasileiras das classes A, B e C, de 18 anos a 40 anos, mantêm com os sapatos. Um grupo de 400 mulheres participou de discussões em grupo e de análises etnográficas, em estudo coordenado por Dennis Giacometti, presidente da Giacometti Comunicação.

O estudo comportamental revela os hábitos de consumo e o emocional que permeiam o antes (aspiracional), o durante (drivers da decisão efetiva da compra) e o depois (uso diário) – ou seja, todos os ritos que envolvem a escolha do sapato.

Para a brasileira, o sapato é um componente do visual tão importante quanto a roupa. Os sapatos de salto, sobretudo, têm uma dimensão simbólica de poder, elegância e sensualidade. O salto “impõe, marca presença, emagrece, dá poder, melhora a postura, deixa elegante, é feminino, é chique, muda o visual”.

Entre as entrevistadas, 29% afirmam ter um estilo definido. O uso frequente do salto é apontado por 88% das entrevistadas, sendo que o maior índice ficou entre as mulheres com idade entre 18 anos e 25 anos – 96%. Ainda sobre o salto alto, 61% das brasileiras se sentem mais elegantes usando-os, sendo que entre as mulheres das classes A e B essa sensação é mais marcante (67%), seguidas das entrevistadas da classe C, 57%.

E por que sapato? Porque “amo sapatos”, foi a resposta de 45% das entrevistadas. Os maiores índices estão entre as mulheres das classes A e B, nas faixas etárias de 18 anos e 25 anos, e 26 anos e 40 anos: 48% cada grupo.

O estudo revela que a melhor forma de escolher sapatos continua a ser a vitrine, com 68% da preferência, seguida pela tevê (12%) e amigas (8%). As mulheres brasileiras vão a inúmeras lojas em busca de modelos que as conquistem. “Vi, me apaixonei, levei”. 75% das brasileiras não compram calçados pela internet porque precisam experimentá-los.

Viu só? Dependendo do seu humor, você escolhe calçados diferentes. É como um camaleão; para cada ocasião, um disfarce…kkkkkkk

Essa vontade insaciável por sapatos gera um problema depois que você chega em casa: você não tem espaço para armazená-los.

Deixo algumas opções para não passar a imagem de desleixo e bagunça.:

  1. Fazer um cabide de sapatos (Corte as pontas do cabide, enrole as extremidades e curve as pontas e voialá……)
  2. Use uma caixa organizadora para sapatos (Não se esqueça de identificá-las pois você saberá o que tem dentro. Acém da organização você economiza tempo)
  3. Use as gavetas do guarda-roupa

MEIAS?

Para guardá-las, dobre-as a partir do calcanhar até a ponta da meia e enrole. Arrume-os na vertical.


VENDA OU DOE O DESNECESSÁRIO

como-organizar-o-guarda-roupas-foto-5

Se você é muiiiiiiiiitttttttoo capitalista e quer valer o dinheiro investido, procure alguém interessada em comprar. Pesquise na internet, verifique os preços. É nessa hora que seu apego será testado, pois na hora de se despedir, que a maioria cede e guarda o que não quer.

Afinal, não há problema algum e querer vender o que é seu.

Outra alternativa é doar! Sério, doe!!

Você não faz ideia do quão incrível é a sensação de ver alguém feliz e agradecido. É raro hoje em dia gestos de generosidade. Seja para alguém morando

Por favor, sem julgamento sobre o que é “correto” ou “errado”. Você faz o que achar melhor para a sua roupa. Seja doando ou vendendo, a lição é se desfazer do desnecessário para que lá na frente você compre o que combina com você.

Independentemente do que for fazer, você se sentirá melhor com você mesma.


ORGANIZE-SE PARA A VIDA

Organizando seu guarda-roupa vai economizar no tempo. Lembrando que tempo é dinheiro.

Ao colocar as coisas em ordem, você se dá conta de que suas roupas não estão apropriadas para seu momento, idade, trabalho ou para seu tipo físico. Não subestime a forma como você se veste e a relação com seu orçamento.

Você não quer coisas de que não precisa. Você se surpreenderá com o que encontrar no meio da bagunça. Tire o que não presta, separe as roupas por eventos sociais e doe o que não faz mais sentido.

Faça disso um momento único, prazeroso e pessoal.

Deixe seu comentário no fim do post sobre a sua luta com o guarda-roupa. Quero saber o que você fez!!

Um grande abraço.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 20/02/2017 às 2:35






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.