Quem viaja se cura de todos os males…

6min. de leitura

Viaje. Uma viagem de um dia até o centro da cidade, uma viagem para visitar algum parente ou amigo, a viagem do seus sonhos, uma viagem para trabalhar na caridade.



Viaje. Saia da vida baseada na busca de segurança e estruturas, mude de perspectiva, quando viajamos compreendemos o quanto nossos conceitos de segurança e estrutura são relativos, só da distância percebemos a matriz e sua loucura.

Viaje. Para se apaixonar perdidamente pela Terra, a linda mãe Terra, os ciclos da natureza e a enorme adaptabilidade com que nascemos e que mal utilizamos no cotidiano. Quem viaja não acerta nem erra, aprende a sentir o que funciona no agora, se deu certo, bem, senão, tenta de novo.

QUEM VIAJA SE CURA DE TODOS OS MALES - FOTO 01


Viaje. Não espere a aposentadoria, nem ganhar na loto, nem a herança da tia para viajar. Nunca sabemos o dia de amanhã e pode bem ser que na sua grande viagem de despedida dessa vida o único desejo em aberto seja o da sua viagem dos sonhos. Um pouco de planejamento, parcelamento e empolgação já bastam.

Viaje. Pois quem viaja seus males espanta, quem viaja seus males cura, quem viaja deixa de alimentar escuridão, passando muito tempo maravilhado com as paisagens e pessoas, sabores e odores. Quem esquece o aroma e os sons de um lugar, a sensação que fica do êxtase, da ressonância com a alma vivenciada? O corpo todo como instrumento de reconhecimento, multidimensional sem teoria, ali, no agora, complexo e simples, puro instinto e conexão.

Viaje. Curando-se das moléstias da mente, que distraída com aeroportos e horários, trens e e atrasos, fica sem espaço para somatizar cotidianidades, raivas e ódiozinhos desnecessários, nem o palco do drama se ativando a diário, fica esquecido pela falta de público, as emoções do viajante são no aqui agora, ou ….. Perdes a hora.


Viaje. Cada viagem é como um portal multidimensional e nunca voltarás o mesmo que partistes. Bronzeado do sol ou congelado dos polares, por momentos cegado das auroras boreais, insone de dias que nunca acabam e noites que nunca terminam, pintado por tribos indígenas, abençoado por xamãs, dançando com os lobos, peregrinando por Lourdes, Assis, Santiago de Compostela. Cantando mantras no Tibet ou na Índia, cheio de segredos da cidade proibida e com os sapatos gastos da grande muralha. Com a boca seca do calor e areia das pirâmides. Banhado de tanta estrela das noites do deserto, cansado do fedor dos camelos. Cheio de histórias dos visionários e suas visões milagrosas permeando a história.A plasticidade da tua casa, teu trabalho….mudam. Porque tu mudastes viajando.

Viaje. Não existe mais ou menos finanças que justifiquem o não ousar viajar. Só o medo. E a preguiça.

Viaje. E verás….. Que ficarás viciado, cativado, entorpecido pela Terra e seus habitantes, a beleza e a formosura, as culturas, tudo diferente e ao mesmo tempo tão igual….que a tua casa se transforma em teu oásis do cotidiano, teu abrigo do ritmo da matriz, mas sabes no coração que viajar é tua paixão.

Viaje. Navegue os mares do desconhecido, expanda tua consciência, afine a intuição, deixa- a fluir……e se puder, aprenda uma língua estrangeira, more um tempo em outro país. Nada mais curador para quem só reclama do que aprender a entender, sem palavras, que cada lugar tem seu encanto, cada lugar é lugar, e teu lugar, é dentro da tua paz.

Viaje. Quem viaja finalmente entende, que na grande última viagem, respirando esse mesmo ar, somos um. E daqui, não levamos nada. Nem o apartamento, nem o carro,roupas de marca, relógios caros, o status e o poder, nada. O que levamos é o que vivemos, o que amamos e compartilhamos.

QUEM VIAJA SE CURA DE TODOS OS MALES - FOTO DE CAPA

 

Viaje. Pois viageiros são afáveis, amáveis, flexíveis e espontâneos. Dormem em qualquer canto, comem o que tem, passam fome e enchentes. Gente leve de riso solto, sentem- se em casa na Terra, gente que pratica o desapego à cada momento, vivendo de uma mala ou uma mochila e entendendo que até sem isso…a vida continua seu caminho e vamos vivendo.

Viaje. Saiba aproveitar tudo que está a tua disposição sem preâmbulos, do luxo ao lixo, do amanhecer ao entardecer, sem apegos, viajando pela vida e curtindo, se alegrando no desconhecido. No iate e no barquinho inflável, de ônibus ou avião, helicóptero ou ….nas asas da tua imaginação.

Viaje. Peregrino da vida, discípulo da paz e da alegria, compreenderás…que teu caminho de Damasco, longínquo ou cercano, longo ou curto, se inicia com um passo, e caminhando o caminho se abre, a cada passo mais perto de si mesmo, de encurtar o caminho mais longo da existência, entre a mente e o coração. É ali que a alma habita e fala.

Viaje. Pois toda viajem é viajem, com ou sem destino ou rumo ao desconhecido, e é no movimento que a vida incansável….te encontra ….e juntos….dançando sob as estrelas e a música das esferas….. e em ti…..descansa. Essa sim…a viagem antes da grande viagem.

Viajeira, Eu Sou. Noeli Naima.

Lótus Eu Sou Noeli Naima

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 20/02/2017 às 2:10






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.