Uma mulher medicina é aquela que olha para a vida com amor e bondade

5min. de leitura

Toda mulher amor é uma mulher medicina. Uma mulher cheia de força, que alimenta de bondade aqueles ao seu redor, que olha com olhos calmos da vida, que é sincera com a sua identidade, que cura com um beijo.



Uma mulher medicina é aquela cheia de energia, que infunde e transmite afeto, abraçando amor com amor, que eleva seus segredos, aprofundando, que é generosa, que sabe perdoar, que vive na graça, ou seja, ensina.

Uma mulher medicina é humana, compassiva, consciente do seu poder, da sua inspiração, permanência, seu caos e ordem, defensora de sua vida, suas necessidades, seus sonhos e ouvidos.

O dom de ser mulher medicina

Portanto, uma mulher medicina é aquela que se passa, fica. É aquela que sempre age com o coração, que tem firmeza, que está ciente do que está acontecendo ao seu redor, que é decisiva.


Ela não conhece a perfeição ou imperfeição, ela simplesmente é. E com esse poder ajuda os outros a serem. Isso requer uma chamada, uma briga com sua julgamentos, um conflito com o ambiente.

Ser uma mulher amor nem sempre é fácil, há muito o que lutar. Você tem que lutar contra tudo o que não te permite sentir o que cada momento traz, tenta controlar os seus direitos, apagar seus sonhos, e despreza as suas necessidades.

Assim, ser uma mulher medicina também é dizer basta, não permitir a escravidão, ser autêntica, não necessitar, mas amar sem medida e além de qualquer possibilidade.



A força do amor de uma mulher

Não há nada tão forte quanto o amor de uma mulher que tem compromisso com seu bem-estar, que aceita a si mesma, que compreende o presente e leva em conta o seu passado.

“Através de suas experiências e conhecimentos, a mulher medicina divide a profundidade do tempo, a importância das aspirações e de acumular sonhos realizados.”

Toda mulher tem um dentro de si uma alma guerreira que lhe motiva, dá-lhe a luz da esperança, força e armas para lutar. É aquele guerreiro interior que curou suas feridas, traições, decepções e rejeições.

E é essa luz em si mesma que a faz amadurecer, se tornar saborosa, explorar sua inteligência, ser confortável, equilibrar intuição e razão, a arte da vida e da luta contra a adversidade.


O coração da mulher, um oceano de mistérios

O coração da mulher é um oceano cheios de peixe que brilham quando está escuro, o que o torna tão estranho como mágica. A coração da mulher medicina é algo que a conecta a profundidade de mil mistérios.
É um coração que palpita por si mesmo, que se derrete em bondade, respeito, segurança, força, inteligência e afeto. Estes são os princípios que suportam o edifício da mulher medicina, que olha para a sua vida generosamente, que não está presa.

“Isso faz com que os atos se conectem e equilibrem o sentimento e pensamento, que a mulher seja consciente de si mesma, do que é, o que tem sido e o que é capaz de ser. Porque a melhor cura é aceitar …”

A mulher medicina é aquela que está vestida com força e dignidade, com as chaves que abrem as portas do conto, uma coleção de razões para manter-se firme …

O melhor remédio para a alma é a doçura de um outro ser humano, bondade e sensibilidade do ouvinte, de quem trata a si mesmo com respeito e valoriza os outros como um tesouro. Isso é o que define a mulher amor, a mulher medicina.

 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: La Mente es Maravillosa

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.