Oração a São João Batista, o escolhido por Deus para anunciar a chegada do nosso Salvador

6min. de leitura

Primeiro mártir da Igreja, João Batista foi quem batizou Jesus Cristo e dedicou a vida “a preparar os caminhos do Senhor” e a batizar os que acolhiam seus ensinamentos.



“Em verdade vos digo: entre os filhos das mulheres não surgiu outro maior que João Batista.” A passagem dita pelo nosso Salvador e descrita em Mateus (11;11), deixa clara a importância de São João Batista, desde os tempos em que Cristo caminhou entre nós, humildes seres humanos. Recorrer a esse santo que ainda hoje é um dos santos mais queridos do Brasil, é uma forma de nos aproximar ainda mais da graça do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Seu nome está sempre associado às famosas festas juninas em sua homenagem, mas sua relevância vai muito além da diversão, das cores e comidinhas que marcam seu dia. São João Batista foi o precursor de Jesus Cristo, ou seja, Aquele que veio antes e anunciou Sua vinda e a salvação que o filho de Deus traria para todos nós. Ele foi último dos profetas em Israel.

São João Batista foi consagrado a Deus desde que foi concebido no ventre de sua mãe, Santa Izabel. Ela era prima de Maria, Mãe de Jesus, e seu pai era um sacerdote do templo de Jerusalém, chamado Zacarias.


São João nasceu de forma milagrosa, em Ain Karim, cidade de Israel que fica a 6 quilômetros do centro de Jerusalém.

Naquela época Isabel, que já era mais idosa e ansiava ter um filho, viu sua vontade ser atendida quando o anjo Gabriel anunciou a Zacarias que sua esposa lhe daria um filho, o qual deveria se chamar João. Seu nome João Batista significa “Deus é propício” ou “aquele que batiza”.

Ao atingir a idade adulta, João se exilou no deserto, onde se pôs a rezar, fazer sacrifícios e pregar a palavra de Deus para que as pessoas se arrependessem de seus pecados.


Ele vagou por cidades, vilarejos e deserto, sempre convidando todos aqueles que encontrava pelo caminho para que se convertessem. Por toda a sua vida, João Batista anunciou a chegada de um Messias que, assim como ele, também tentaria tocar o coração das pessoas sobre a existência de uma força superior.

Aqueles que aceitavam se converter, João batizava nas águas, simbolizando sua mudança de vida. Devido à vida dedicada à fé, João passou a ser conhecido como profeta, um homem enviado por Deus.

Foi pelas mãos de João que Jesus Cristo, nosso Salvador, também foi batizado. “Eu careço de ser batizado por ti, e vens tu a mim?”, disse João.

Jesus, no entanto, respondeu-lhe: “Deixa por agora, porque assim nos convém cumprir toda a justiça. Então ele o permitiu. E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele.” (Mateus 3:14-16)

Mas foi justamente por defender a palavra do Espírito Santo que João Batista encontrou o seu calvário. Ele não poupava críticas ao rei local, Herodes Antipas, que se relacionava com Herodíades, sua cunhada.

No evangelho, São Marcos descreve que Salomé, filha de Herodíades, teria dançado para Herodes, que disse que lhe daria tudo o que lhe pedisse. Então Salomé fala com sua mãe e esta diz à filha para pedir a cabeça de João Batista numa bandeja. E assim teve fim a vida de um dos mais amados santos dos ensinamentos cristãos.

Desde então, João Batista é considerado o primeiro mártir da Igreja e o último dos profetas.

Junho é, oficialmente, o mês dedicado a festas regadas de muita comida, fogueira e danças típicas em sua homenagem. Contudo, qualquer dia continua sendo uma oportunidade para louvar o escolhido por Deus para ser o precursor de Jesus Cristo.

Louve a São João Batista através desta oração:

São João Batista, voz que clama no deserto: “Endireitai os caminhos do Senhor, fazei penitência, porque no meio de vós está quem não conheceis e do qual eu não sou digno de desatar os cordões das sandálias”, ajudai-me a fazer penitência das minhas faltas para que eu me torne digno do perdão daquele que vós anunciastes com estas palavras: “Eis o Cordeiro de Deus, eis aquele que tira os pecados do mundo.”

São João, pregador da penitência, rogai por nós.

São João, precursor do Messias, rogai por nós.

São João, alegria do povo, rogai por nós.

Amém!

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 24/06/2020 às 3:23






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.