publicidade

Aos 6 anos, menino passa por transplante de coração e sai vitorioso. Pequeno guerreiro!

Vitor Ribas da Silva recebeu o órgão no domingo, dia 21. Ele estava internado desde 2020 por insuficiência cardíaca.



Essa história não chegou ao final, mas a batalha foi vencida e a felicidade é completa para a família de Vitor Ribas, de 6 anos.

A criança foi diagnosticada com miocardiopatia, uma doença que causa insuficiência cardíaca e estava na fila para o transplante de coração.

Conforme informações do G1, o menino estava internado no Hospital da Criança e Maternidade de São José do Rio Preto, em São Paulo. Uma verdadeira força-tarefa foi realizada para que ele pudesse, enfim, receber o órgão. Foi montado todo um esquema que envolveu médicos e policiais militares da região.

Notificado sobre um possível doador, o hospital contou com a ajuda do helicóptero Águia, da Polícia Militar, para transportar o órgão até Rio Preto.


Se não fosse a ação dessas pessoas, a possibilidade de êxito do transplante seria bastante reduzida, já que as primeiras horas são cruciais para o sucesso da cirurgia.

Direitos autorais: reprodução Facebook/HCM.

O transplante ocorreu no dia 21 de fevereiro. O cirurgião cardíaco pediátrico Ulisses Croti afirmou que o procedimento foi um sucesso. Em menos de 24 horas, Vitor já estava acordado e sem o tubo, para que pudesse conversar e se alimentar.

Para que o procedimento fosse realizado, a Central de Transplantes do Estado de São Paulo notificou o hospital sobre um possível doador para o menino Vitor. Imediatamente, a equipe do hospital, juntamente com a Polícia Militar, buscou o órgão, retirado às 14h30.


Ainda segundo o médico, o novo coração estava em perfeitas condições, bom funcionamento e pressão pulmonar adequada. Pontuou sobre a importância de se doarem órgãos.

Mesmo diante da dor de perder um filho, uma família desconhecida teve discernimento e responsabilidade social de doar os órgãos de seu filho. Isso é fundamental para que se obtenha sucesso, concluiu.

Direitos autorais: reprodução Facebook/HCM.

O transplante terminou às 17h30. Vitor segue internado, mas passa bem. Ver o quanto as equipes se esforçaram para que sua vida continuasse, é um belo exemplo que deve ser enaltecido a todo momento. Esses heróis trabalham incansavelmente, restaurando a saúde e concedendo milagres.

Mesmo com tão pouca idade, Vitor teve uma nova chance de continuar seu caminho. Que esse pequeno guerreiro sirva de exemplo para todos nós, pois podemos salvar muitas vidas aderindo à doação de órgãos.

O que achou dessa história?

Comente e compartilhe esse texto em suas redes sociais, sua opinião é importante para nós!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.