Pessoas inspiradoras

Fotógrafa oferece ensaio gratuito para mulheres que lutam contra a infertilidade. Registro emociona!

A profissional fez a diferença ao mostrar rostos de mulheres que já são mães no coração. Sua atitude gerou respeito!



Ser mãe é muito mais do que gerar. Sabemos de todas as mudanças hormonais, corporais e mentais que acontecem durante uma gravidez, mas existem mulheres que se tornam mães primeiramente no coração.

O processo de uma gravidez pode ser fácil para algumas, mas outras precisam lidar com a dor de abortos espontâneos ou diagnósticos de infertilidade. E foi o olhar sensível de uma fotógrafa que passou por processos complicados na jornada da maternidade que deu o início a um lindo projeto.

Janelle Bruno decidiu homenagear, no Dia das Mães, algumas mulheres que lutaram ou estão lutando contra a infertilidade ou a perda de um filho.


Ela relatou ao Good Morning America que foi a partir de uma experiência pessoal que passou a olhar essas mulheres de forma mais inclusiva, pois elas não são lembradas nessas datas.

Disse que a fotografia a ajudou no processo de superação de sua infertilidade. Seu intuito é chegar às pessoas que silenciosamente sofrem no Dia das Mães e lhe dar apoio, para que se sintam menos isoladas e sozinhas.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@janellecarmelaphotography.


Proprietária da Janelle Carmela Photography, a profissional já ofereceu duas sessões de fotos gratuitas para mães atuais e esperançosas. Ela é mãe de dois meninos, de 5 e 6 anos. Contou que demorou 21 meses para engravidar da primeira vez e sofreu três perdas traumáticas. Após o segundo filho, passou por mais dois abortos espontâneos.

Relata que não havia conhecido alguém que tivesse sofrido com a infertilidade. Foram estranhos que a ajudaram a se sentir menos sozinha. Através das redes sociais, ela começou a conhecer as histórias e resolveu fazer a diferença na vida dessas mulheres. O resultado foi emocionante.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@janellecarmelaphotography.


Ela abriu a sessão dos registros gratuitos e mais de 50 pessoas se inscreveram. Janelle usa as fotos para promover a conscientização sobre esse assunto e dar oportunidade de mais mulheres compartilharem suas jornadas. Mães que perderam filhos ou estão em processo de adoção também fazem parte do projeto.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@janellecarmelaphotography.

Esse tipo de abordagem permitiu falar de maneira mais aberta sobre as questões que muitas mulheres passam, como a infertilidade e a perda de um filho.


Para que se sentissem acolhidas, a fotografia se revelou uma forma eficaz de olhar para essas mulheres com sensibilidade, pois o desejo de ser mãe já está instaurado em seus corações.

A iniciativa de Janelle rendeu muitos comentários positivos. Muitos usuários das redes sociais comentam sobre como seu olhar acolhedor está ajudando a normalizar situações tão difíceis. Ela realmente fez a diferença!

Comente e compartilhe a atitude da fotógrafa em suas redes sociais, sua opinião nos motiva!


Estes signos não suportam mentiras. Falsidade com eles não tem vez

Artigo Anterior

Mãe faz relato sobre seu parto e declara que não há maneira fácil de dar à luz. Escolha precisa ser respeitada

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.