Pessoas inspiradoras

Garota intérprete de Libras ensina matéria dada na escola para aluna surda na rua. “O mundo ainda tem jeito”

Direitos autorais: reprodução Instagram/@claudio.netto.14.
2 Capa Garota interprete de Libras ensina materia dada na escola para aluna surda na rua O mundo ainda tem jeito

O lindo registro foi feito com o intuito de mostrar a todos que uma boa ação vale mais do que mil palavras!

Quando vemos pessoas que se engajam para ajudar o próximo, acreditamos que a bondade ainda é um sentimento presente no coração de um ser humano. Diante de tantas coisas horríveis que vemos na televisão, nos jornais e notícias mundo afora, é compreensível que acabamos perdendo a esperança na humanidade.

Mas ao nos deparar com pessoas que se dedicam a ajudar, não medem esforços para que o outro tenha o mínimo aceitável, é de acalmar e aquecer o coração. Ver que o ser humano ainda se preocupa com seu semelhante é recompensador e nos dá forças para continuar.

Esse caso aconteceu em um pequeno município de Minas Gerais, chamado Tabuleiro. É uma cidade do interior, bem pequena, com apenas 4 mil habitantes.

O músico Cláudio Netto passava por um local e avistou uma cena que mexeu com seu coração, e ele precisou publicá-la no seu Instagram. O registro era de uma garota, intérprete de linguagem brasileira de sinais (Libras), ensinando uma aluna surda, na rua.

O rapaz escreveu na legenda que, sem dúvida alguma, era uma imagem que emocionava, pois a menina estava na rua, levando a matéria aplicada na escola para outra jovem, que é deficiente auditiva e está no ensino fundamental.

2 2 Garota interprete de Libras ensina materia dada na escola para aluna surda na rua O mundo ainda tem jeito

Direitos autorais: reprodução Instagram/@claudio.netto.14.

Ainda na publicação, o músico ressalta que a intérprete trabalha na Escola Estadual Menelick de Carvalho e que, com esse lindo registro, vê que o mundo ainda tem jeito e deseja que mais imagens como essa apareçam, completou.

Praticar uma boa ação deixa inúmeras recompensas, tanto para quem recebe quanto para quem a pratica. Dá sentido para a nossa existência, deixando um bom exemplo de que não estamos neste mundo sozinhos e precisamos nos unir para que todos tenham direito à vida!

Fazer o bem é necessário para que a alma fique leve, gerando sentimento de empatia. Ao entendermos que o outro tem tanto valor quanto nós, fazemos com que sua vida tenha mais cor, seja mais vibrante, mesmo na adversidade.

Que o exemplo dessa jovem chegue a milhares de pessoas no mundo. É isso que precisamos ver com mais frequência. Um bom exemplo pode ser passado para milhões de pessoas e se tornar um hábito. Que não deixemos a maldade dos outros nos cegar. O bem existe, só precisa ser melhor compartilhado!

0 %