Pessoas inspiradoras

Idosa que passou a vida sozinha em hospital é adotada por jovem mãe e ganha R$ 75 mil em doações

Cotinha e Gláucia se conheceram no hospital, antes de ele fechar e deixar a idosa sem ter para onde ir, até ser finalmente adotada.



Temos a ideia fixa de que a adoção funciona apenas com crianças e adolescentes, e quando nos deparamos com uma história de amor, em que uma pessoa adulta ou idosa conseguiu ser adotada, sentimos aquele quentinho no coração. São muitas as pessoas que precisam de um lar e uma família, elas podem ter alguma deficiência, problema de mobilidade, atraso no desenvolvimento ou não ter condições de morar sozinhas.

Existem também muitas formas de constituir uma família, e todas as unidades são válidas e devem ser reconhecidas como tal. Cotinha Santos, de 71 anos, foi abandonada em um hospital em Araraquara, interior de São Paulo, com cerca de 10 anos, depois de um acidente com o irmão, mas nenhum adulto apareceu para tirá-los dali.

Cotinha e o irmão, atropelados por um caminhão ainda na infância, foram parar em um hospital no interior de São Paulo. O local chegou a anunciar na região que tinha recebido duas crianças, mas nunca alguém apareceu para levá-las para casa.


O menino acabou falecendo por complicações em decorrência do acidente, e ela precisou ficar ali. Foram 60 anos morando em um quarto de hospital, tudo o que conheceu e viveu foi ali, inclusive Gláucia Santos, de 29 anos, que trabalhava como copeira no local.

Ambas foram criando um lindo laço de amizade no tempo em que estiveram lá, mas o estabelecimento acabou fechando, fazendo com que não soubessem para onde levar Cotinha.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@donacotinhaoficial.

Gláucia, que já é mãe da pequena Emily, não pensou duas vezes e decidiu adotar a amiga, já que tinham um elo poderoso e poderiam formar uma bela família. Mas as coisas começaram a se complicar financeiramente, já que o salário da mãe é a única fonte de renda da casa, fazendo com que as dificuldades financeiras fossem uma constante em suas vidas.


O maior sonho de Gláucia era comprar uma casa para, finalmente, sair do aluguel com sua família. Foi organizada uma vaquinha on-line para arrecadar o dinheiro a fim de ajudá-las, e muitos fizeram as doações.

Elas conseguiram cerca de R$ 75 mil, destinados, em grande parte, para construção da nova casa, que levou meses para ser concluída. Há uma semana, Gláucia e Cotinha postaram nas redes sociais o resultado do investimento do dinheiro, uma bela e confortável casa.

A felicidade estampada no olhar das três nos mostra como a conquista de um objetivo pode mudar a vida de todos, sempre para melhor. É possível também perceber como a idosa está extremamente feliz atualmente, sempre sorridente em todas as fotos que compartilha.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@donacotinhaoficial.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@donacotinhaoficial.

A nova família mostra que o maior elo que pode existir entre as pessoas é o amor, e que apenas ele é capaz de unir e de firmar laços. Cotinha é muito querida nas redes sociais, onde costuma postar seu dia a dia com frequência, recebendo muitos comentários carinhosos.

Com publicação viral de filha, pai demitido na pandemia consegue emprego dos sonhos!

Artigo Anterior

Estes três signos não temem nenhum mal e sempre saem vitoriosos. Nada pode pará-los!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.