publicidade

Para realizar sonho do filho, de estudar fora do país, mãe reúne 300 kg de material reciclável!

Sua atitude permitiu ao filho fazer um intercâmbio para a Finlândia. Que exemplo de mãe!



Estamos rodeados de histórias sobre mães que se esforçam para criar os filhos. Para elas, não há nada no mundo mais importante do que eles, por esse motivo, farão de tudo para lhes dar o bom e o melhor. São capazes de tudo por seus filhos. Realizam atos incríveis, sacrificam-se por anos até que estejam encaminhados. Mãe é mãe para sempre!

Isabel Cristina Fernandes é paraibana, mãe de Pedro que, desde muito jovem, tinha o sonho de estudar na Europa. Como a família não tinha condições de arcar com os custos, Isabel não deixou ser vencida por essa dificuldade. Com sua força de vontade e empenho, ela realizou o sonho do filho!

Não há limites para uma mãe empenhada em fazer seu filho crescer! Com informações do G1, ela fez a inscrição de Pedro, que a essa altura já sabia inglês por ter estudado por conta própria.

Ele conseguiu ser classificado em oitavo lugar. Apesar da vitória, o valor era muito alto, os custos com toda a documentação e visto eram inviáveis para a família arcar.

Direitos autorais: reprodução G1/arquivo pessoal.

Mas essa mãe não estava sozinha. Ela promoveu uma arrecadação de fundos em seu local de trabalho, unindo muitas pessoas, que a ajudaram a levantar o valor de 30 mil reais! Mesmo assim, seu filho precisaria de dinheiro para se manter no país, e a saída que Isabel encontrou para conseguir esse dinheiro somente uma mãe faria!


Ela começou a juntar latinhas com o apoio de seu marido Milton Viana, pai de Pedro. O esforço deles foi tão significativo, que conseguiram juntar mais de 1,2 mil reais! Essa quantia fez muita diferença, já que, com ela, seu filho conseguiria se manter na Finlândia. Mas ela não parou! Prosseguiu com a ajuda, vendendo doces, como cocadas, trufas e bolos, que fazia por conta própria.

Com todo o esforço e dedicação de sua mãe, Pedro conseguiu fazer o tão sonhado intercâmbio. Foi aos 18 anos. À época ele, que já falava inglês, começou a aprender sueco e francês.


Seus planos eram de que, assim que terminasse o período de intercambista, voltaria ao Brasil para cursar Relações Internacionais na UFPB, pois já tinha sido aprovado no curso!

Ele foi ouvido pela equipe do G1 e disse estar muito feliz e realizado por essa grande conquista, que só foi possível com o sacrifício e empenho de sua amada mãe.

Desejamos que Pedro seja grato pelo resto de sua vida, afinal de contas, somente uma mãe seria capaz de tais atitudes. Mesmo cansada, com diversos afazeres, parou a vida para se dedicar ao sonho de seu filho. Que essa gratidão perdure!

O que achou do empenho dessa mãe? Conhece alguém que se esforçou como ela?

Comente e compartilhe em suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.