Rihanna doa R$ 25 milhões para o tratamento de vítimas do novo coronavírus no mundo

4min. de leitura

O dinheiro doado por Rihanna será investido em pesquisas, na produção de medicamentos e na compra de equipamentos e alimentos para famílias carentes afetadas pelo novo coronavírus.



Pessoas do mundo todo provavelmente já ouviram ou cantaram pelo menos um dos sucessos de Rihanna. A cantora é uma das maiores estrelas da música pop e há anos faz a alegria de milhares de fãs com seus hits.

Mas o que muitos talvez não saibam é que, além de ser uma das cantoras mais famosas do mundo e empresária de sucesso, Rihanna dedica boa parte do seu tempo a causas humanitárias.

Depois da morte da avó, vítima de câncer, ela criou, em 2012, a Fundação Clara Lionel, mesmo nome da matriarca de sua família. Dar o nome da avó à instituição, sem dúvida, foi uma linda forma encontrada pela cantora para homenagear a familiar, que sempre foi sua inspiração como artista, mas também como mulher.


O principal foco da fundação é apoiar pesquisas e tratamento contra o câncer mas, com o passar dos anos, a cantora caribenha foi se interessando por outras causas tão urgentes quanto a doença que tirou a vida de sua avó.

A Fundação Clara Lionel também passou a apoiar crianças de comunidades carentes nos locais mais distantes da África.

Graças à instituição, por exemplo, os pequenos africanos puderam ter o que comer e sonhar com um futuro melhor, através das escolas apoiadas pelo projeto.

Rihanna também distribuiu bolsas de estudo para alunos de sete países, que tivessem interesse em estudar nos Estados Unidos. Inclusive, entre os candidatos que podiam participar do processo seletivo, havia brasileiros.


Contudo, agora a artista deu outro importante passo em nome do bem-estar da humanidade. Através da Fundação Clara Lionel, Rihanna doou o equivalente a R$ 25 milhões para instituições que atuam no combate ao coronavírus.

O recurso será destinado para bancos de alimentos que atendem a comunidades em risco e idosos nos Estados Unidos, e para aceleração de testes e atendimento em países como Haiti, Malawi e suas comunidades nativas.

O dinheiro também será usado na compra de equipamentos de proteção para profissionais de saúde da linha de frente do combate à doença e para laboratórios de diagnóstico.

Estabelecimentos e unidades de terapia intensiva também serão beneficiados, assim como  pesquisas de vacinas e outras formas de combate ao novo coronavírus em todo o mundo.

Em seu site, a fundação justificou que não existe arma mais poderosa contra o coronavírus do que a prevenção, então também vai garantir que os recursos sejam usados no treinamento de profissionais de saúde e distribuição de suprimentos.

Que bom seria se todos os artistas do mundo fizessem o mesmo, não é? Além de dar um excelente exemplo, Rihanna é motivo de orgulho para os seus milhares de fãs.

Você também é fã da cantora?

Conte o que você achou da iniciativa e compartilhe-a em suas redes sociais.

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa: reprodução.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.