publicidade

Ficar sem amigos é tão prejudicial à saúde quanto fumar, mostra estudo de harvard

Nós, seres humanos, somos seres inerentemente sociais. Queremos nos conectar, ligar, e estar na companhia de outras pessoas. Se, no entanto, vivermos sem amigos, alienados da comunidade, ficamos doentes não apenas emocionalmente, mas também fisicamente, e isso agora é confirmado por uma pesquisa.



Um estudo da Universidade de Harvard com mulheres descobriu que estar sem amigos pode prejudicar a nossa saúde, tanto quanto fumar!

Segundo o pesquisador da Universidade da Califórnia, Los Angeles:

“A experiência subjetiva da distância social alcança alguns dos nossos processos internos mais básicos – a atividade dos nossos genes.”

Os resultados do estudo foram que “os genes de pessoas cronicamente solitárias mostraram alta expressão na ativação do sistema imunitário (como a inflamação) mas baixa expressão nas respostas antivirais e a produção de anticorpos”, que nos ajudam a ser saudáveis.


Logo, parece que se precisamos nos tornar mais saudáveis, é preciso também nos tornarmos mais amigáveis e abrirmos os braços físicos e mentais para abraçarmos a presença de outros seres em nossas vidas.

 


___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: The Open Mind

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.