Às vezes, só o que precisamos é de alguém para nos dizer que tudo ficará bem

Eu me considero uma pessoa forte. Até hoje sobrevivi a todos os desafios colocados em meu caminho e dou o melhor de mim todos os dias para aproveitar ao máximo cada dia de vida.

No entanto, também sou humana e tenho meus momentos de insegurança, em que tudo o que preciso é de uma pessoa para segurar a minha mão e me dizer para eu não me preocupar, porque tudo ficará bem.

Ainda que muitas pessoas considerem isso como uma desvantagem, eu não me sinto mais fraca ou menos capaz por precisar de apoio em alguns momentos. Na verdade, sinto-me feliz em saber que possuo a sensibilidade para apreciar um abraço ou um ombro amigo, nos momentos em que a vida parece se tornar mais difícil.

Um abraço um apenas uma palavra de conforto de alguém que amamos e respeitamos pode ser o suficiente para nos trazer de volta a esperança e a motivação de seguir em frente, mas parece que a maioria das pessoas se esqueceu de que precisamos um do outro. Nosso mundo está cada vez mais individualista e nós cada vez mais solitários.

Deixamos nossos egos e orgulho nos convencerem de que somos autossuficientes e não precisamos de ninguém além de nós mesmos para prosperarmos na vida. Acreditamos que para sermos pessoas fortes e maduros devemos nos tornar imunes a qualquer tipo de dor e sofrimento, e nos afastamos da realidade.

As pessoas realmente fortes são aquelas que se permitem ser fracas quando é preciso, porque entendem que é nos momentos de rendição que muitas vezes encontramos as respostas que precisamos para evoluir. 

Há momentos em que os pensamentos negativos parecem tomar conta de nossas mentes e ficamos completamente paralisados, sem saber como lidar com a mistura de tristeza, incerteza e caos. Quando isso acontece, é essencial termos ao nosso lado pessoas que nos ajudem a tomar alguma atitude que nos leve para frente.

Por mais que não gostemos de admitir, vez ou outra, todos nós precisamos do apoio de alguém que nos transmita confiança, cuidado e amor. Em determinadas situações, não importa quanta experiência tenhamos em lidar sozinhos com nossos próprios problemas, nem quão elevada seja nossa autoestima e autoconfiança, a única coisa que parece nos tranquilizar é compartilhar as dificuldades e descarregar o peso sob nossos ombros com um amigo.

Permita-se receber ajuda, deixe alguém tranquilizá-lo e dizer que tudo ficará bem. Deixe alguém lhe dizer que as coisas passam e permanece apenas o que é essencial para a sua felicidade. Que você não está sozinho. Aceitar ajuda é praticar a humildade e iluminar o próprio caminho através da luz do outro.

Nem todas as vitórias na vida são conseguidas através da solidão, e por mais que tenhamos aprendido a nos cuidar por conta própria, crescemos muito ao nos permitirmos apreciar a pureza de receber a ajuda de alguém que tem apenas amor para oferecer.


Direitos autorais da imagem de capa: Obra de Miho Hirano.




Deixe seu comentário