4min. de leitura

Cortar algumas pessoas para preservar sua saúde mental não é sinal de fraqueza, mas de sabedoria

Nem todos os relacionamentos foram feitos para durar, sejam românticos, de amizade ou até mesmo com pessoas de nossa família.


Ainda que muitos tenhamos aprendido que devemos superar qualquer obstáculo para manter determinadas pessoas em nossa vida, a verdade é que chega um momento em que a melhor coisa a fazer por nós mesmos é simplesmente abrir mão delas, deixá-las ir.

É claro que nem sempre é fácil tirar uma pessoa de nossa vida, porque algumas amamos de verdade, mesmo com todas as dores que nos provocam, mas essa é uma escolha necessária, se quisermos nos libertar de toda a sua influência negativa.

Enfrente os pensamentos e as vozes negativas. Vá em frente!

No entanto, quando tomamos essa decisão, podemos ser cercados de pensamentos negativos ou palavras duras daqueles que estão ao nosso redor, que tentam nos convencer de que estamos sendo fracos e não merecemos a verdadeira felicidade.


A forma como fomos criados e os padrões da sociedade, muitas vezes, tentam nos fazer desistir, justificando que aqueles que abrem mão de outras pessoas são fracos e não sabem lutar pela verdadeira felicidade. Você, certamente, pausou por um momento a decisão de cortar alguém de sua vida por conta desse tipo de influência.

Entretanto, a verdade é que não há fraqueza em querer cuidar de si mesmo, em preservar sua saúde mental e emocional, e buscar companhias que realmente lhe fazem bem. Ninguém é fraco por dizer “não” ao sofrimento. Aliás, é preciso ser muito forte para escolher abrir mão de alguém que ama – a maioria das pessoas apenas nubla todo o sofrimento com um sorriso amarelo.

Cortar as pessoas que nos fazem mal é sabedoria, é assumirmos o controle de nossa vida e sabermos que ninguém tem o direito de nos fazer infelizes.

Saber colocar um fim nos relacionamentos em que há manipulação, maldade e uniteralidade não é fraqueza, é inteligência, é colocar-se em primeiro lugar e não trair a si mesmo por nada nem ninguém.


Ninguém nasceu para ser humilhado nem para ter o seu psicológico prejudicado por palavras venenosas alheias. Nós nascemos para viver com felicidade e plenitude, para buscar realizar nossos sonhos, e precisamos deixar ir todos aqueles que não se traduzem em companhias verdadeiras e positivas para nós.

Se existe alguém em sua vida que você sabe que precisa ser afastado, não fique com medo de tomar uma atitude e ser considerado “fraco” por aqueles ao seu redor, só você sabe o que enfrenta todos os dias com a negatividade dessa pessoa. Enfrente isso, seja firme e mostre que você sabe o que é melhor para si.

Aqueles que se contentam com o inferior abrem mão da verdadeira felicidade, e você não nasceu para isso. Seja sábio e forte o suficiente para recomeçar, esse novo passo o levará mais perto da vida ideal do que o conformismo.

Acredite em si mesmo, porque você é capaz!

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa: Ashwin Vaswani/Unsplash.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.