Aonde está?



Será que eu vou encontrar?
Ou será que já encontrei?
Pode ser que sim.

Mas como vou saber decifrar?
Como vou perceber se não seria só mais uma armadilha do destino
tentando me pregar mais uma peça?
É o destino rindo de mim.

Ele ri da minha cara e me diz:
“Você acha que não tem sentimento? Pois eu te provo agora que você tem!”
E eu caio na armadilha fácil…
Caio e olho pra cima, lá está ele, o sentimento, me olhando…

Quando eu vejo estou cercada de sensações que eu mesma temia.
E eles estão alí, batendo na minha cara,
Me fazendo de boba, pra me convencer de que boba realmente eu sou, por ainda querer sentir…
O que eles não sabem é que eu sou mais alguma coisa além do que eu sinto.

Eu sou o que eu penso.
Raciocinar não rima com amar. Só no dicionário.
Mas a única regra do dicionário é ser em ordem alfabética. Daí a gente vê como ele é careta.
Imagina um dicionário onde todas as palavras estivessem misturadas sem nenhuma ordem,

Avessas a todo tipo de arrumação e lógica.
Assim somos nós, serem humanos que sentem.
Pessoas que possuem um dicionário de palavras sentimentais dentro de si,
E que muitas vezes não tem a menor ideia de como colocá-las em ordem.

Aí a gente fica na espera de alguém que vai por ordem nessa confusão.
Um salvador de dicionários sentimentais que irá salvar as pobres palavras
sensíveis das palavras feias, ríspidas e mal educadas que insistem em se manifestar.
Ele aparece. O tal “salvador”.

E as palavras, que você pensou que fossem se organizar?
Ele bagunçou mais ainda.
E agora, o que eu faço?
Salvo as palavras bonitas do meio dessa confusão

Ou deixo que as palavras feias tomem conta da situação, fazendo meus sentimentos
perceberem que quem bagunça o meu dicionário não merece nem as minhas palavras, nem meus sentimentos, nem minhas preocupações.
Será?
Creio que um dia vou ter a reposta disso.
Mas nesse dia com certeza, tudo vai estar organizado.
A menos que eu queira desorganizar de vez,
Mas aí…
Vai depender de mim.
Só de mim.

Mais uma sobre a vida

Artigo Anterior

Posso te apresentar meu mundo?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.