4min. de leitura

Pare de visitar o perfil da pessoa que está bem sem você

Se aceitamos que os ciclos se encerram, somos capazes de encontrar caminhos melhores, que nos trarão mais liberdade.


Algumas pessoas marcam a nossa vida, elas chegam repentinamente, conquistam-nos com o seu jeito e nos proporcionam experiências maravilhosas. Quando isso acontece, é muito fácil ficarmos apegados e acreditarmos que elas permanecerão conosco para sempre, mas raramente é isso que acontece.

Cada pessoa tem a sua história e tempo em nossa vida, e nem sempre aqueles de que mais gostamos estão destinados a caminhar do nosso lado até o fim de nossa jornada. No entanto, não é o tempo que as pessoas permanecem conosco o que realmente importa, mas o quanto aproveitamos os nossos momentos juntos e a forma como seguimos em frente depois que elas tomaram outra direção.

Você, certamente, já passou pela experiência de ter que se separar de alguém de quem era muito próximo, seja um familiar, amigo ou parceiro romântico. Isso faz parte da vida e, certamente, não é algo simples, mas a forma como resolvemos encarar essa situação faz a toda a diferença.


Algumas pessoas sabem muito bem como deixar ir, elas aceitam que seu tempo junto com a outra acabou e que agora precisam seguir rumo a uma nova fase.

Para outras, essas separações são uma verdadeira tortura, elas não conseguem se desapegar e ficam “perseguindo” a outra pessoa, torturando-se por acreditar que ela é realmente fundamental para a sua felicidade.

A verdade é que, quanto mais presos ficamos a outras pessoas, mais nos afastamos de nossa felicidade verdadeira. Se aceitamos que os ciclos se encerram, somos capazes de encontrar caminhos melhores, que nos trarão mais liberdade.


Se você se encaixar nesse segundo tipo de pessoa, aprenda a olhar para a sua vida de maneira diferente, compreenda que ficar cuidando dos passos da outra pessoa não lhe trará nenhum conforto, apenas o manterá preso a uma época que já passou.

Entenda que ela tem o direito de estar feliz sem você, e que é sua missão reencontrar a própria felicidade sem a sua presença. Pare de ficar visitando seus perfis nas redes sociais, deixe de tentar descobrir mais sobre a vida dela por meio de amigos em comum, desista do hábito de querer estar sempre por perto, para que ela continue notando você.

Foque em você, em ser feliz e encontrar novos caminhos para seguir. Se a outra pessoa está bem, alegre-se por ela e busque também o seu bem-estar.

Tudo nesta vida é passageiro e não podemos entregar nossa felicidade nas mãos de outras pessoas ou situações; somos nossas únicas companhias garantidas eternamente. Por isso, temos de fazer o nosso melhor para estarmos sempre felizes com nós mesmos.

Não se humilhe nem se limite por alguém que não faz mais parte de seu caminho, abra o coração para novas experiências.

Certamente, a vida o surpreenderá com grandes acontecimentos!

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa: Becca Tapert/Unsplash.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.