publicidade

Pela primeira vez, eu quero estar longe das pessoas…

Pela primeira vez, eu quero estar longe das pessoas. Eu quero estar longe de todo mundo que me conhece, de todos que esperam que eu me comporte de uma certa maneira e de todos que me dizem como devo viver e amar.



Pela primeira vez, eu não quero atender ligações. Não quero forçar uma conversa ou uma risada. Eu não quero fingir que estou bem e dizer que estou chateado quando me perguntarem se estou bem.

Pela primeira vez, eu não quero dançar. Eu não quero fingir que eu estou apreciando a música quando eu mal posso ouvi-la. Eu não quero fingir que estou de bom humor quando tudo o que eu quero fazer é ficar na cama, envolta em meus pensamentos, tentando limpar minha mente.

Pela primeira vez, eu não quero ir à encontros. Eu não quero esperar ligações. Eu não quero que alguém que acabei de conhecer arruine minha noite, porque não prestou atenção em mim. Eu não quero ir para casa e pensar que há algo de errado comigo.

Pela primeira vez, eu preciso ficar sozinha. Longe do barulho, longe das palavras que as pessoas me dizem, longe da vida que já não me excita e longe do mesmo tipo de homens que continuam quebrando meu coração.


Pela primeira vez, eu estou começando a perceber que talvez esteja no lugar errado com as pessoas erradas. Talvez tudo pareça errado, porque esta não é a direção certa, este não é o caminho certo.

Pela primeira vez, eu quero ir em busca de algo fascinante, até mesmo aterrorizante. Quero deixar tudo o que sei para trás e abrir espaço para uma outra vida me encontrar.


Pela primeira vez, eu quero ir a algum lugar onde ninguém saiba meu nome. Eu quero lembrar quem eu era antes de todos esses rótulos serem estampados em mim. Eu quero ir a algum lugar em que a minha alma possa conectar-se, em que eu possa conectar-me. Eu preciso entrar em contato comigo mesma novamente, sem ninguém me dizer como fazê-lo.

Pela primeira vez, eu quero desaparecer.

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Thought Catalog

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.