3min. de leitura

Que todas as noites sejam felizes!

Deixe que a magia do Natal tome conta do seu coração! Que todas as noites sejam felizes!

Você já pensou em renascer todos os dias, em olhar para as luzes da cidade como se fossem brilhos de euforia, em presentear desconhecidos com sorrisos iluminados, em levar as crianças até o colo prometendo carinho dobrado?


Você já pensou em doar os brinquedos antigos a quem apenas brinca de sonhar? E em dividir seu tempo com quem já tem os dias contados? Já pensou se fosse Natal todo dia?

Você já parou para pensar que a luz que o Natal acende dentro da gente é nossa própria alma recebendo doses extras de esperança? Você percebe?

O Natal é redescobrir dos cheiros de comida feita a muitas mãos, o poder das mãos unidas em gratidão, das risadas à toa na sala, do papel de presente espalhado pelo chão, de quem se faz presente quando no resto do ano anda muito ocupado juntando trocados.


Deixe que a magia do Natal tome conta do seu coração! Não se trata de trocar muitos embrulhos, não. Isso é o de menos. Trata-se de embrulhar-se, de surpreender, de abraçar quem não mora tão pertinho, de reunir as infâncias numa mesa de saudades e esperança.

Natal é ouvir a calmaria da alma, é festejar o Deus que habita em cada um de nós. Natal é repartir histórias, compartilhar a sobremesa, dançar ao som da gargalhada das crianças.

Natal é espalhar o perfume da alma pelos abraços da meia noite. Natal é feito para a gente se lembrar de ser gente, de amar a gente e as gentes.


As luzes de cada árvore, espalhadas pela cidade, são lembretes de que a gente faz parte de um todo chamado AMOR.

E esse é o maior presente. Que todas as noites e as noites de todos sejam felizes, portanto!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / halfpoint




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.