Sakura, a lenda japonesa que fala sobre amor verdadeiro

Muitas vezes, nós nos sentimos desesperançosos em relação às nossas próprias vidas, sem saber como fazer para viver bem, com plenitude e felicidade.

Essa belíssima história nos mostra que muitas vezes a solução está bem diante dos nossos olhos. Leia com o coração aberto.

Essa lenda remonta a um Japão antigo, época em que senhores feudais travaram batalhas terríveis, e muitos combatentes foram mortos, deixando muito vazio e dor nas pessoas que sobreviveram. Nessa época, a paz é uma raridade, porque assim que um conflito chegava ao fim, outro começava.

No entanto, apesar de toda essa destruição, uma floresta se mantinha intacta, cheia de belas árvores que exalavam perfumes delicados e eram uma espécie de consolo e esperança para as pessoas que vivem no país destruído. Nenhum exército tinha coragem de prejudicar essa linda obra da natureza.A floresta tinha uma beleza incrível, mas dentre todas as árvores, existia uma que nunca floresceu. Apesar de estar viva, e ele seca e sem cor, e muitos a davam como morta.

A magia que lhe deu uma oportunidade

Por conta de sua aparência, essa árvore ficava isolada. Os animais que vivam na floresta não se aproximavam, com medo de serem contagiados por aquela estranheza. Nem a grama crescia por perto pelo mesmo motivo.

No entanto, uma noite a árvore foi visitada por uma fada que estava curiosa para entender porque uma árvore jovem aparentava tanta velhice. Com palavras de compaixão, a fada lhe disse que queria vê-la com vida, animada e colorida e que podia ajudar.

Ela fez uma proposta à árvore: usaria o seu poder para criar um feitiço que duraria 20 anos. Durante esse tempo, a árvore teria a oportunidade de experimentar as mesmas emoções que os corações humanos. O objetivo era que isso a inspirasse a enxergar as coisas diferente e a florescer novamente.

A fada ainda disse que o feitiço permitiria que ela assumisse a forma de um humano, sempre que se desejasse. No entanto, se depois de 20 anos ela ainda não fosse capaz de despertar sua vitalidade, ela morreria imediatamente.


O encontro com Sakura

A árvore aceitou a proposta e se empolgou com a ideia de poder assumir a forma humana. Aproveitou essa oportunidade e ficou por muito tempo na forma de um homem, para sentir suas emoções na esperança de que encontrar algo que o inspirasse a prosperar. Ainda assim, o começo foi muito difícil, porque tudo o que via ao seu redor era guerra, dor, e ódio. Então, voltava a ser árvore por um grande quantidade de tempo.

Os anos se passavam e a árvore não encontrava nada que a ajudasse a se transformar, até que em uma noite, quando estava na forma humana, ela caminhou até um córrego cristalino e lá encontrou uma jovem. Ela se chamava Sakura. A árvore, que agora era homem, se encantou por sua beleza, e decidiu se aproximar.

Sakura se mostrou uma pessoa muito simpática e gentil, e para retribuir, ele a ajudou a levar a água até seu lar, que fica nas redondezas. Os dois conversaram e mostravam uma grande sintonia, falavam sobre como a guerra estava destruindo os sonhos de muitas pessoas.


O milagre do amor

Sakura perguntou o seu nome, e ele respondeu “Yohiro”, que significa “esperança”. Eles dois se deram muito bem e com o tempo ficaram muito amigos. Se encontravam todos os dias e faziam coisas juntos, conversavam, cantavam, liam poemas, e se divertiam. Ele percebeu que seu sentimento por ela estava se fortalecendo, porque sempre que se separavam, ele desejava o reencontro.

Um dia, Yohiro decidiu falar para ela sobre seus sentimentos, pois não conseguia mais guardar dentro de si mesmo. Além disso, também falou quem realmente era, uma árvore que não conseguia encontrar seu propósito e logo morreria porque não conseguir florescer. Sakura ficou muito impressionada com a confissão de Yohiro e ficou em silêncio. Mais tempo se passou e os 20 anos de Yohiro estavam acabam. Ele voltou a ser árvore e se entristecia cada dia mais, pensando em seu destino.

No entanto, uma tarde, quando ele menos esperava, Sakura chegou ao seu lado, o abraçou e confessou seu amor. Ela não queria que o seu grande amigo morresse e nem sofresse. Nesse momento, a fada apareceu e cobrou uma escolha de Sakura, ou permanecer, ou se unir a Yohiro na forma de uma árvore.

Pensando na decisão que deveria fazer, ela olhou ao seu redor e se lembrou de toda a dor e sofrimento que testemunhava todos os dias. Sabia que não suportaria isso por muito tempo, então escolheu se unir a Yohiro na forma de árvore. Então, assim aconteceu, os dois se tornaram um e floresceram juntos, tornando-se uma das árvores mais lindas da floresta. O nome Sakura significa “Flor de cerejeira”,  e desde então, o amor de ambos perfuma os campos do Japão, demonstrando que o amor verdadeiro é capaz florescer até mesmo nas situações mais negativas, e despertar esperança em todos nós.

Uma linda história que nos faz refletir sobre o poder do amor verdadeiro. Se você gostou da história, comente abaixo e compartilhe-a com seus amigos!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: Monika Mlynek / 123RF Imagens




Deixe seu comentário