Reflexão

“Só merece ser lembrado quem nos fez bem!” (padre Fábio de Melo)

A garantia da felicidade está em darmos importância a quem nos edifica!



Costumamos colocar muita energia em certas situações ou pessoas que não nos agrega em absolutamente nada. Já lhe ocorreu que, às vezes, colocamos tanto peso numa coisa que, quando acontece algo bom, parece que não é satisfatório?

Isso se deve ao fato de que damos muita atenção para o que não deve. Quando nos permitimos superar certos momentos, sem rancor, estamos nos dando uma nova chance. A liberdade desse desprendimento é divina.

Padre Fábio de Melo sempre é muito sábio nas palavras e costuma nos inundar de sentimentos bons com suas publicações. Recentemente, ele compartilhou mais um de seus belos ensinamentos, para que seja possível desintoxicar o coração.


Ele publicou em seu Instagram que, muitas vezes, damos importância e atenção exagerada a pessoas que nos traíram, ofenderam e nos fizeram sofrer, assim acabamos por dar a elas um lugar de honra em nossa memória.

O padre explica que só o perdão é capaz de fazer com que revertamos esse costume, pois perdoar é a lógica de um novo entendimento. Ele finaliza dizendo que só merece ser lembrado quem nos faz bem!

Essa reflexão é poderosíssima. Realmente, quanto tempo perdemos revisitando memórias que não são boas e alimentamos sentimentos ruins, que nos trazem dor, nervosismo, estresse, justamente por causa do valor e peso que damos a essas coisas.

A sabedoria do padre nos convida a um exercício de inovação para nossa vida. Quando remodelamos a maneira de pensar, o sentido se transforma. Parar de perder tempo com pessoas ruins, lembrando de momentos difíceis, não melhora o presente, apenas deixa o passado muito amargo.


E esse amargor fica impregnado em nossas ações, cegando-nos para algo bonito e simples que nos acontece, pois desperdiçamos tanta energia com o ruim, que o bom não parece ter o mesmo peso.

É necessário enxergarmos a vida com outros olhos, dando a devida importância para as coisas. Só assim o coração fica leve e pleno. É dessa forma que o mover de Deus age, na calmaria, tranquilidade e no respiro da alma!

Quando perdoamos, uma porta de luz se abre. E isso não significa que temos de conviver com a pessoa que nos fez mal, é apenas um fechar de canal. Nutrir o perdão não é esquecer de tudo e começar do zero, mas sim deixar que nunca mais aconteça!


“Por favor, pare de julgar. Ser mãe que trabalha em tempo integral, com filhos pequenos, não é fácil”

Artigo Anterior

Homem causa revolta ao verificar celular enquanto noiva caminha para o altar. Atitude não foi bem-vista

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.