SOU FORTE PORQUE FUI FRACO

Sou forte porque fui fraco, sou cuidadoso porque fui traído, sorri porque fui triste e vivo hoje porque o amanhã não é certo.

Alcancei o fundo e eu pude sentir a dureza do chão antes trilhado, a vida tem me mordido duro. Tenho sido, sou e serei uma pessoa vulnerável, já sofri muito, senti meu coração partido pela injustiça e traição, me esquivei de menos golpe do que sofri.

“Conheci o medo e o desespero tão de perto que não tive escolha, a não ser enfrentá-los. Tenho evitado que o sofrimento tire minha vida prematuramente.”

De tudo isso eu me levantei e ressurgi, você está agora diante de uma pessoa forte que teve e terá momentos de fraqueza. Não fujo disso, e estou disposto a aceitar o que o futuro me reserva com firmeza.

Tenho notado que realmente aprendemos nos momentos complicados da vida. Nós não podemos voltar à primeira página do nosso livro e refazer, então o importante é encontrar uma maneira de reviver e continuar a escrever nossa história.

As lágrimas que limpam a alma

“Apenas deixe-me ser fraco e chorar hoje, amanhã serei forte.”

Às vezes precisamos chorar e não sabemos por quê. Temos a tendência de nos reprimir por medo do que os outros possam pensar, ou simplesmente por acreditar que isso nos torna mais fraca. Chorando nós expressamos o que o coração não pode.

Às vezes, as pessoas choram não porque são fracas, mas porque têm sido fortes por muito tempo e isso também é desgastante. O choro pode nos acalmar dependendo da situação em que nos encontramos e do nosso humor.

Normalmente, quando precisamos chorar é bom que façamos, pois isso de alguma forma nos ajuda a diminuir a angústia de vivermos submetidos aos problemas da vida.


Aprender com a adversidade

“Voltei a sentir uma enorme vontade de viver quando descobri que o significado da minha vida é o que eu quiser lhe dar.” – Paulo Coelho

A vida é como uma estrada cheia de flores, onde também há pedras. Os bons e os maus momentos estão à nossa disposição para fazermos com eles o que precisarmos. Se trata de ser forte e aceitar a aprendizagem ao superar as tempestades e libertar-se do ressentimento e tristeza: isto é resiliência.

Quando nos agridem, algo força nosso “eu interior” a se mostrar. Quem já sofreu sabe muito bem disso, porque, através de um buraco podemos ver mais nitidamente nossas limitações e habilidades.

“Esta é a diferença entre a escola e a vida. Na escola, primeiro você aprende a lição, e depois faz o teste. E na vida, primeiro você experimenta o teste, para depois aprender a lição.”


Os maus tempos vêm sozinhos, os bons, precisamos buscar

“Ninguém pode voltar atrás e fazer um novo começo, mas qualquer um pode começar agora e fazer um novo final.”

Tudo na vida é temporário. Portanto se as coisas correrem bem aproveite, porque não será assim para sempre. E se as coisas correrem mal, não se preocupe, também não será para sempre. Azar e sofrimento são nosso pão de cada dia, devemos estar abertos a aprender a lição da dor, pois é algo que não podemos evitar, apesar de querermos.

“Diz-se que quando a lição é aprendida a dor vai embora, ainda que deixe cicatrizes em nosso corpo e alma. Não é que as pessoas que sofreram na vida venceram o medo e a dor, mas elas aprenderam que você não pode curar o que se recusa a enfrentar.”

 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: La Mente es Maravillosa




Deixe seu comentário