Reflexão

Você agora é uma mãe antes de qualquer outra coisa. Não há título mais alto do que este

Mesmo diante de todas as dificuldades, não há como diminuir uma mãe. Seu esforço e garra fazem de você a melhor mulher do mundo para seu filho!



Sabemos que a luta das mulheres jamais acaba. Antes batalhávamos para trabalhar e votar. Hoje a guerra é contra os preconceitos e julgamentos de que ainda somos vítimas. Porém, quando se torna mãe, parece que a pressão redobra. A necessidade de ser perfeita vai além do imaginado.

O peso do julgamento coloca dentro do coração das mães uma culpa sobre qualquer traço de seu comportamento. Sentem-se culpadas por respirar longe dos filhos, por querer algumas horinhas de paz, pelo choro que insistentemente engolem para que outros não vejam, afinal de contas, uma mulher chorando para muitos ainda é sinônimo de fraqueza.

Infelizmente ainda existem algumas pessoas que culpabilizam demais o jeito que uma mulher decidiu criar seu filho. Se a criança tem dificuldade na escola, a culpada é a mãe. Se respondeu mal a um adulto, a mãe não lhe deu educação. E assim por diante. São poucos os elogios, e quando feitos, não possuem o mesmo peso de uma crítica.


Mas é necessário que se fale a respeito do quanto isso se torna cansativo para as mães.

Vocês são seres especiais e magníficos, possuem o dom de gerar uma vida, carregá-la e cuidar dela com todo o amor do mundo. Não deveriam ser tão julgadas e apedrejadas. Mãe é o título mais alto da realeza do amor.

Uma mulher se torna duas para cuidar de um filho, três para cuidar de dois, e assim por diante. Ela vai se dividindo para dar conta de tantos afazeres. E além de toda essa pressão, ainda há o medo de o filho estar desprotegido, já que vivemos num mundo tão louco e cruel.

Ao ser mãe, você se torna uma pessoa que ninguém conhecia antes. Junto com o nascimento de seu filho, nasceu uma nova versão de si mesma. Alguém que é capaz de sacrificar a própria vida por seu descendente jamais deveria carregar o peso de ser criticado o tempo inteiro.


Mães, gritem! A voz de vocês tem poder e precisa ser ouvida. Sua jornada pode ser tortuosa, mas pensem que, se não fosse por vocês, seus filhos não estariam aqui. Toda a dedicação e amor não podem ser maiores do que o julgamento de quem não conhece a sua vida.

Vocês são os seres mais importantes na vida de alguém. Que possam usar todo esse poder para se impor como a figura mais valiosa que existe!

O que achou dessa reflexão?

Comente e compartilhe este texto em suas redes sociais!


Mulher que engravidou aos 16 anos cria organização para ajudar mães adolescentes. União que inspira!

Artigo Anterior

Filha de costureira e pedreiro é aprovada em Harvard e agora luta para conseguir pagar mensalidades!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.