Relacionamentos

4 comportamentos egoístas que destroem qualquer relação

4 comportamentos egoístas que destroem qualquer relação

Quando os casais perdem o respeito, eles vão, aos poucos, minando o amor que um dia foi tão intenso e dando espaço para atitudes egoístas.



O peso da rotina pode ter um efeito supernocivo numa relação. Com o passar dos anos, o casal se acostuma com a presença, a tolerância etc. e acaba adotando comportamentos que vão, aos poucos, colocando em risco o bem-estar da relação.

Sabe aquele fogo da paixão tão presente no início de um relacionamento? Então, ela vai gradualmente se apagando, quando as brigas passam a ser frequentes, um não ajuda mais o outro nos afazeres domésticos ou sai sozinho, sem dar nenhuma satisfação, por exemplo. Essas atitudes são capazes de minar qualquer sentimento e transformar o relacionamento numa competição de egos, caprichos e más atitudes.

É preciso que o casal esteja ciente de que a base de uma relação duradoura é o comprometimento mútuo em manter a felicidade e o respeito.


Casais que reproduzem os quatro comportamentos abaixo acabam destruindo a relação aos poucos. Confira quais são eles:

Parar de se comunicar

A comunicação é essencial em qualquer namoro ou casamento. Um deve entender, respeitar e buscar atender às vontades do outro ou, no mínimo, ambos tentarem chegar a um consenso sobre como agir em qualquer situação. Casais que agem de forma fria param de ligar ou levam uma eternidade para responder a uma mensagem deixam claro que não fazem questão de dar atenção à pessoa que dizem amar. Estar juntos, mas a todo tempo mexendo no celular, por exemplo, é o mesmo que estarem distantes.



Trocam ofensas

Como citado acima, a base de qualquer relação é o respeito. Um homem não pode xingar, ofender, gritar com uma mulher, e vice-versa. Essa é uma prova de imaturidade, mas também da falta de respeito ao outro. Ninguém gosta de ser maltratado, muito menos pela pessoa que ama.


Tudo é motivo para críticas


Relacionar-se implica aceitar ou, no mínimo, aprender a lidar com todas as virtudes, mas também os defeitos do parceiro. Não há como um casal viver em paz, se o homem ou a mulher fica a todo tempo criticando o parceiro, desde a forma como se veste, pensa ou com o que sonha. Ninguém é perfeito para se dar o direito de ficar apontando os defeitos e falhas do outro.


Só pensam em si mesmos

Todo casal deve ser cúmplice, ou seja, sair junto, comprar, comer, conquistar algo junto. O mais puro exemplo de egoísmo que uma pessoa pode dar é só pensar em si mesma, deixar as vontades do parceiro em segundo lugar ou nem sequer levar em consideração o que ele pensa ou quer. Se apenas uma pessoa se importa, ama, cuida e pensa no outro, é mil vezes melhor pôr um ponto final nessa relação e seguir em frente, sozinho.


Você concorda com essas opiniões?

Diga o que você achou nos comentários e compartilhe-as nas suas redes sociais.

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.


O perdão é cura, traz paz à alma e nos faz merecedores das graças de Deus

Artigo Anterior

Jovem emociona internautas com declaração de amor para namorado que assumiu seu filho com síndrome de Down

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.